Com judô, Brasil chega a 272 atletas na Olimpíada de Tóquio; confira a lista - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Com judô, Brasil chega a 272 atletas na Olimpíada de Tóquio; confira a lista

Compartilhe


Após a disputa do Mundial de judô, o Brasil garantiu mais 13 vagas na Olimpíada de Tóquio e, assim, chegou a marca de 272 atletas classificados para os Jogos Olímpicos, estando cada vez mais próximo de bater o recorde nacional de maior delegação em solo estrangeiro. Ao todo, são 33 modalidades, entre individuais e coletivas. Confira nesta lista reunida pelo Surto Olímpico todas as vagas oficializadas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) até agora.

Asteriscos aparecem em algumas modalidades que já têm vagas asseguradas em Tóquio-2020. É o caso do tiro com arco, em que as vagas conquistadas durante o ciclo são destinadas aos países, e não aos atletas. Assim, mesmo Ane Marcelle e Marcus Vinicius D'Almeida tendo sido os responsáveis pela classificação, eles ainda não estão classificados, ficando a cargo da CBTarco (confederação brasileira) a seleção dos convocados. Mesma situação vive a canoagem velocidade.


Por enquanto, o esporte com mais representantes brasileiros é o futebol, com 36. As seleções masculina e feminina têm 18 atletas cada. Seguindo perto na corrida dos coletivos, está o handebol, que possui 28 esportistas garantidos (14 em cada naipe), enquanto o vôlei tem 24 (12 homens e 12 mulheres). Entre os esportes individuais, o atletismo é o que mais engorda a equipe brasileira, com 30 atletas.


AJUDE O SURTO OLÍMPICO IR PARA TÓQUIO


Com os 272 esportistas, o Brasil já tem garantida a terceira maior delegação da história, ultrapassando Londres-2012. Este pode número deve ser aumentado ainda nesta semana com o fechamento dos rankings do tênis, além de haver diversos pré-olímpicos a serem disputados.


Vale lembrar que a maior delegação olímpica brasileira foi na última edição, na Rio-2016, com 465 atletas. Por ter sido país-sede, o Brasil obteve diversas vagas por exclusividade, o que serviu para inflar o número, que dificilmente será batido. Fora o Rio, a equipe com mais brasileiros foi vista em Pequim-2008, quando 277 esportistas foram até a capital chinesa.


O Brasil já tem mais de 200 atletas classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio
O Brasil segue aumentando o número de atletas de sua delegação olímpica de Tóquio-2020 (Wander Roberto/COB)

Garantidos em Tóquio-2020 (272 vagas):

Atletismo (30 atletas):

Paulo André Camillo: 100m rasos

Aldemir Gomes Junior: 200m rasos

Gabriel Constantino: 110m c/barreiras

Eduardo de Deus: 110m c/barreiras (julho de 2019)

Alison dos Santos: 400m c/barreiras

Márcio Teles: 400m c/barreiras

Thiago do Rosário André: 800m rasos (05 de junho de 2021)

Thiago Braz: salto com vara

Augusto Dutra: salto com vara

Alexsandro Melo: salto triplo

Almir Cunha dos Santos: salto triplo (julho de 2019)

Samory Uiki: salto em distância (24/04/2021)

Felipe dos Santos: decatlo

Darlan Romani: arremesso de peso

Paulo Roberto: maratona

Daniel Chaves: maratona

Daniel Nascimento: maratona

Caio Bonfim: marcha atlética 20km e marcha atlética 50km

Matheus Correa: marcha atlética 20km (25/04/2021)

Revezamento 4x100m masculino (outubro de 2019)

Revezamento 4x400m misto (setembro de 2019)

Vitória Rosa: 200m rasos

Andressa de Morais: lançamento de disco

Fernanda Borges: lançamento de disco (24/04/2021)

Érica Sena: marcha atlética 20km (abril de 2019)


Badminton (2 atletas):

Fabiana da Silva: individual feminino

Ygor Coelho: individual masculino


Boxe (7 atletas):

Graziele de  Sousa: 51kg

Jucielen Romeu: 57kg

Beatriz Ferreira: 60kg

Wanderson Oliveira: 63kg

Hebert Conceição: 75kg

Keno Marley Machado: 81kg

Abner Teixeira: 91kg


Canoagem slalom (2 atletas):

Ana Sátila: C1 e K1 feminino

Pepê Gonçalves: K1 masculino


Canoagem velocidade (3 atletas):

Isaquias Queiroz e Erlon Souza: C2 1.000m + C1 1.000m

Vagner Souta: K1 1.000m


Ciclismo - Mountain Bike (3 atletas):

Henrique Avancini: cross country masculino

Luiz Henrique Cocuzzi: cross country masculino

Jaqueline Mourão: cross country feminino


Ciclismo - BMX (2 atletas):

Renato Rezende: individual masculino

Priscilla Stevaux: individual feminino


Esgrima (2 atletas):

Guilherme Toldo: florete

Nathalie Moellhausen: espada


Futebol (36 atletas):

Equipe feminina (18)

Equipe masculina (18)


Ginástica artística (7 atletas):

Equipe masculina (4)

Individual masculino (1)

Flávia Saraiva: individual geral feminino

Rebeca Andrade: individual geral feminino


Ginástica rítmica (5 atletas):

Conjunto feminino (5)


Handebol (28 atletas):

Equipe feminina (14)

Equipe masculina (14)


Hipismo (7 atletas):

Adestramento (1)

CCE, equipe (3)

Saltos, equipe (3)


Judô (13 atletas):

Gabriela Chibana: 48kg feminino

Larissa Pimenta: 52kg feminino

Ketleyn Quadros: 63kg feminino

Maria Portela: 70kg feminino

Mayra Aguiar: 78kg feminino

Maria Suelen Altheman: +78kg feminino

Eric Takabatake: 60kg masculino

Daniel Cargnin: 66kg masculino

Eduardo Barbosa: 73kg masculino

Eduardo Yudy: 81kg masculino

Rafael Macedo: 90kg masculino

Rafael Buzacarini: 100kg masculino

Rafael Silva: +100kg masculino

 

Levantamento de peso (2 atletas):

Jaqueline Ferreira: 87kg feminino

Fernando Reis: +109kg masculino


Maratona aquática (1 atleta):

Ana Marcela Cunha: 10km


Natação (26 atletas):

Beatriz Dizotti: 1500m livre
Viviane Jungblut: 1500m livre
Bruno Fratus: 50m livre
Guilherme Costa: 400m800m e 1500m livre
Felipe Lima: 100m peito, 4x100m medley masc e 4x100m medley misto (peito)
Fernando Scheffer: 200m livre e rev. 4x200m livre masc
Breno Correia: 200m livre, 4x100m e 4x200m livre masc
Murilo Sartori: 4x200m livre masc
Luiz Altamir: 4x200m livre masc
Guilherme Basseto: 100m costas, 4x100m medley masc e 4x100m medley misto (costas)*
Guilherme Guido: 100m costas
Leonardo de Deus: 200m borboleta
Pedro Spajari: 100m livre, 4x100m livre masc e 4x100m medley masc (livre)*
Marcelo Chierighini: 4x100m livre masc
Caio Pumputis: 200m medley
Vinícius Lanza: 200m medley
Gabriel Santos: 100m livre e 4x100m livre masc
Matheus Gonche: 100m borboleta e 4x100m medley masc (borboleta)*
Larissa Oliveira: 4x100m livre fem, 4x200m livre fem e 4x100m medley misto
Ana Vieira: 4x100m livre fem
Etiene Medeiros: 4x100m livre fem
Stephanie Balduccini: 4x100m livre fem
Giovanna Diamante: 4x100m medley misto
Aline Rodrigues: 4x200m livre fem
Gabrielle Roncatto: 4x200m livre fem
Nathália Almeida: 4x200m livre fem

*Por terem vencido as provas individuais, Pedro Spajari, Guilherme Basseto e Matheus Gonche serão convocados para o 4x100m medley, mas podem ser substituídos por outros nadadores da equipe por decisão da comissão técnica da CBDA


Pentatlo Moderno (1 atleta):

Iêda Guimarães: individual feminino


Remo (1 atleta):

Lucas Verthein: single skiff


Rugby sevens (12 atletas):

Equipe feminina


Saltos ornamentais (2 atletas)*:

Kawan Pereira: plataforma 10m masculina individual

Ingrid Oliveira: plataforma 10m feminina individual


*Luana Lira, no trampolim 3m feminino, e Isaac Souza, na plataforma 10m masculina, chegaram a ter suas vagas confirmadas, mas a FINA alterou os critérios de classificação após a disputa da Copa do Mundo, retirando as cotas dos brasileiros. COB e CBDA estão recorrendo e esperam garantir a classificação.


 Skate (12 atletas):

Luiz Francisco: park masculino

Pedro Barros: park masculino

Pedro Quintas: park masculino

Dora Varella: park feminino

Isadora Pacheco: park feminino

Yndiara Asp: park feminino

Letícia Bufoni: street feminino

Pamela Rosa: street feminino

Rayssa Leal: street feminino

Felipe Gustavo: street masculino

Giovanni Viana: street masculino

Kelvin Hoefler: street masculino


Surfe (4 atletas):

Gabriel Medina: masculino

Ítalo Ferreira: masculino

Silvana Lima: feminino

Tatiana Weston-Webb: feminino


Taekwondo (3 atletas):

Edival Marques, o Netinho: 68kg

Ícaro Miguel: 80kg

Milena Titoneli: 67kg


Tênis (1 atleta):

João Menezes*: simples masculino

Precisa estar entre os 300 do ranking mundial em junho para ratificar a vaga


Tênis de mesa (6 atletas):

Bruna Takahashi: individual feminino e equipe feminina

Jessica Yamada: individual feminino e equipe feminina

Caroline Kumahara: equipe feminina

Gustavo Tsuboi: individual masculino e equipe masculina

Hugo Calderano: individual masculino e equipe masculina

Vitor Ishiy: equipe masculina


Tiro com arco (2 atletas):

Individual masculino (1, conquistada por Marcus Vinicius D'Almeida)

Individual feminino (1, conquistada por Anne Marcelle dos Santos)


Tiro esportivo (1 atleta):

Felipe Wu: pistola de ar 10m


Triatlo (3 atletas):

Luisa Baptista: individual feminino

Vittoria Lopes: individual feminino

Manoel Messias: individual masculino


Vela (13 atletas):

Fernanda Oliveira/Ana Barbachan: 470 feminino (2)

Henrique Haddad/Bruno Benthlem: 470 masculino** (2)

Kahena Kunze/Martine Grael: 49er FX (2)

Gabriel Borges/Marco Grael: 49er (2)

Gabriela Nicolino/Samuel Albrecht: Nacra 17 (2)

Robert Scheidt: Laser (1)

Jorge Zarif: Finn (1)

Patrícia Freitas: RS:X feminino (1)

**Gustavo/Geison conquistaram a vaga olímpica, mas Henrique/Bruno foram os convocados segundo os critérios da CBVela


Vôlei (24 atletas):

Equipe feminina (12)

Equipe masculina (12)


Vôlei de praia (8 atletas):

Ágatha/Duda (2)

Ana Patrícia/Rebecca (2)

Alison/Álvaro Filho (2)

Bruno Schmidt/Evandro (2)


Wrestling (3 atletas):

Aline Silva: estilo livre até 76kg

Laís Nunes: estilo livre até 62kg

Eduard Soghomonyan: greco-romana até 130kg


Nenhum comentário:

Postar um comentário