Luana Lira vai à semifinal da Copa do Mundo de Saltos Ornamentais e garante vaga em Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Luana Lira vai à semifinal da Copa do Mundo de Saltos Ornamentais e garante vaga em Tóquio 2020

Compartilhe

Luana Lira avançou para a fase semifinal do Trampolim de 3m feminino na Copa do Mundo de Saltos Ornamentais e, consequentemente, se classificou para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A brasileira terminou na 16ª posição somando 274.40 pontos nos seus cinco saltos. Anna Lúcia dos Santos, outra representante do Brasil na prova terminou em 42º lugar com 219.20 pontos

Luana Lira começou a competição com um duplo e meio mortal revirado na posição grupada que lhe rendeu nota 48.60. Na segunda rodada, a saltadora brasileira conseguiu 55.60 pontos com um duplo e meio mortal de costas. O terceiro salto foi o melhor de Luana Lira, que conseguiu notas 8.0 dos árbitros totalizando 67.50 pontos para seu duplo e meio mortal em ponta pé à lua.

Na quarta rodada, Luana conseguiu 51.80 com um triplo mortal e meio para frente. Faltando um salto, a brasileira já tinha somado 223.40, ultrapassando sua pontuação final no Mundial de 2019. Na última apresentação, um duplo e meio mortal com parafuso, os 51.00 foram suficientes para garantir Luana Lira na semifinal e nos Jogos Olímpicos.

Anna Lúcia dos Santos não teve um bom desempenho na preliminar de hoje. Ela cometeu erros nas três primeiras rodadas, não conseguindo receber nota acima de 6.0 de nenhum dos árbitros. Foram 37.50 pontos na primeira rodada, 46.20 na segunda e 43.40 na terceira.

O quarto salto da brasileira (duplo e meio mortal com meio parafuso) foi o que recebeu a maior pontuação com 46.50. O melhor desempenho de Anna Lucia foi na última rodada, quando recebeu notas entre 6.0 e 7.0 para seu duplo e meio mortal carpado para frente. Mas como o salto tem grau de dificuldade mais baixo (2.4), a nota final foi de 45.60 pontos.

As chinesas Chang Yani e Chen Yiwen, que foram campeãs do trampolim sincronizado dois dias atrás, ficaram nas primeiras posições da fase preliminar. Chang ficou em primeiro com 350.50 pontos, com Chen em segundo com 346.15. Na terceira posição ficou Sarah Bacon, dos Estados Unidos, com 334.00. Bacon não tinha vaga olímpica porque teve um desempenho ruim na semifinal do Mundial de 2019. A estadunidense liderou até última rodada, quando cometeu um erro e caiu para o terceiro lugar. Mesmo assim, Sarah Bacon cumpriu sua meta principal e garantiu uma vaga em Tóquio 2020.

Também se classificaram para os Jogos Olímpicos todas as demais semifinalistas de países que ainda não tinham o número máximo de representantes na Olimpíada.

Resultado Final:
1. Chang Yani (CHN) 350.50
2. Chen Yiwen (CHN) 346.15
3. Sarah Bacon (USA) 334.00*
4. Jennifer Abel (CAN) 317.10
5. Aranza Vásquez (MEX) 309.45*
6. Samantha Pickens (USA) 298.90
7. Sayaka Mikami (JPN) 298.75
8. Anna Pysmenska (UKR) 297.45*
9. Haruka Enomoto (JPN) 294.45*
10. Emma Gullstrand (SWE) 294.25*
11. Michelle Heimberg (SUI) 289.35*
12. Scarlet Mew Jensen (GBR) 285.65*
13. Nur Dhabitah Sabri (MAS) 279.50
14. Yan Yee NG (MAS) 275.10
15. Maria Burrel (GBR) 274.60
16. Luana Lira (BRA) 274.40*
17. Julia Vincent (RSA) 273.30*
18. Kim Suji (KOR) 272.10*
42. Anna Lucia dos Santos (BRA) 219.20

*Atletas que garantiram vaga olímpica pela Copa do Mundo. As demais atletas ou já estavam classificados ou são de países que atingiram o limite de duas representantes na prova.

Foto de capa: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário