Nossa Delegação


Regys Silva | @Regys_Silva

Advogado fanático por esportes que "surtou" e criou o site em 2011. Adora hipismo (não se sabe porque) e hóquei na grama, realizou em 2016 o sonho de estar pessoalmente nos Jogos Olímpicos.


Marcos Antônio | @marcantonio43

Carioca, 36 anos e um profissional de TI que caiu de paraquedas no jornalismo lá em 2012, quando começou no surto olímpico. indo para quinta cobertura olímpica (esperando que venham mais por aí) Viúva do Chicago Bulls do Michael Jordan


Patryck Leal | @patryck_leal

Estudante de Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora, é apaixonado por esportes, principalmente Jogos Olímpicos. Surtado a desde 2019!


Nathan Raileanu | @raileanu_nathan

Sou fanático por esporte desde criança, a minha primeira lembrança olímpica vem do berço das Olimpíadas, Atenas.

Estudo jornalismo e também sou fã de automobilismo. Além de tudo isso curto ouvir MPB e danço desde os meus 5 anos


Anna Julia Sbardelott | (@annasbardelott)

Aficionada por esportes, mas passo longe de praticar algum. Atleta de handebol aposentada, encontrei na comunicação uma forma de dar visibilidade e apoiar todas as modalidades que consigo pronunciar. Comunicóloga, poliglota, feminista e defensora do esporte como ferramenta de transformação social.


Cassio Bagnoli | @cassiobagnoli

Paulista, publicitário e apaixonado por esporte desde pequeno. Já tive a oportunidade de praticar diversas modalidades, como Surfe, Vôlei, Natação, Judô, Tênis, Futebol, entre outras.

Pude conferir de perto vários eventos durante a Rio 2016, e daí tive a certeza que queria estar o mais perto possível da minha paixão, e trabalhar com isso, compartilhando essa paixão e conhecimento com outros fãs de esporte.


Laura Leme | @lauraleme_

Garcense, internacionalista em formação pela USP, handeboleira universitária e apaixonada por esportes desde sempre.

Comecei a escrever sobre futebol feminino em 2020 e a partir daí o sonho de trabalhar com jornalismo esportivo foi só aumentando. 

Minha primeira memória com o esporte é Pequim 2008: medalhas históricas na natação e no vôlei feminino. Tive a oportunidade de ir na Rio 2016 e espero estar em Paris 2024. Paris, on arrive!


Rafael Petrini | @rafa.petrini

Riopedrense, formado em engenharia de controle e automação, apaixonado por esportes olímpicos. Movido por essa paixão, me desafiei e entrei para a equipe do Surto Olímpico para escrever sobre todos os esportes.

Minha primeira memória olímpica: Pan do Rio de Janeiro 2007 e o caminhão de medalhas de Thiago Pereira na natação.

Tive oportunidade de assistir ao jogo França x Canadá, em São Paulo, válido pelas quartas de final do torneio feminino olímpico na Rio 3016. Paris é logo ali.


Marlos Régis | @arqmarlosregis

Do sertão do Ceará para o mundo olímpico. Jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba e Arquiteto também.

Tenho no movimento olímpico minha maior fonte de emoção e paixão. Pesquiso resultados, dados, estatísticas e histórias dos Jogos Olímpicos há 25 anos.

Barcelona 1992 é minha primeira memória, mas uma caxumba em plenos Jogos de Atlanta 1996 me trazem as melhores memórias da infância. A partir daí, vivi intensamente todas as edições olímpicas. E em Paris? Vai ser melhor ainda!


Natália Oliveira | @nataliaolisza

Estudante de jornalismo pela UFMG e esportista desde sempre. Nascida e criada na capital mineira, sou handeboleira e, por incrível que pareça, surfista.

Amo a festa esportiva! Sou fã de carteirinha de Copa do Mundo e Olimpíadas. Me alegra passar todo o dia vidrada torcendo para os mais diferentes esportes. Em 2024, quero surtar diretamente de Paris. Allons-y !


Paulo César Guimarães | @paulo_pc_guima

Mineiro que atua na área ambiental e aos 36 anos resolveu estudar jornalismo. Tem no esporte sua grande paixão: já tentou judô, natação, vôlei, basquete, handebol, futebol e skate mas tá desconfiado que sua vocação seja contar histórias.


Mariana Alves | @alvesmariii_

Produtora Audiovisual e Jornalista. Apaixonada por esportes desde criança. Já joguei futebol, vôlei e andei de skate pro terror de joelhos ralados e óculos quebrados.

Fã de esportes olímpicos mas tenho uma queda (gigante) por vôlei, futebol e basquete. Ativo o modo Bernadinho quando estou na torcida. Procuro contribuir para mais visibilidade das mulheres no esporte.


Gabriel David | @dml_gabriel 

Estudante de jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, apaixonado por todo e qualquer tipo de esporte. Um atleta frustrado que sonha em trabalhar como jornalista esportivo.

O primeiro momento olímpico presente em minha memória é a medalha de ouro de César Cielo em Pequim 2008. Já o grande momento olímpico para mim foi a conquista de Thiago Braz na Rio 2016.

Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB

Postar um comentário

To Top