Brasil reconquista duas vagas olímpicas nos saltos ornamentais - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Brasil reconquista duas vagas olímpicas nos saltos ornamentais

Compartilhe

O Time Brasil vai ter quatro representantes nos saltos ornamentais em Tóquio 2020. A Federação Internacional de Natação (FINA) confirmou as vagas de Luana Lira (trampolim 3m) e Isaac Souza (plataforma 10m) nesta sexta-feira (25).

Inicialmente, os atletas haviam conseguido se classificar para os Jogos Olímpicos ao alcançarem a semifinal da Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, realizada em maio no Japão. Nas normas da FINA antes do evento, todos os atletas na semi (18 primeiros colocados) garantiriam uma vaga olímpica. Porém, durante a competição, a entidade percebeu um erro nas regras de classificação olímpica, pois se 18 saltadores se classificassem pela Copa do Mundo, o número máximo de 136 cotas olímpicas. Para evitar essa situação, a FINA atualizou as normas de classificação para que apenas os finalistas da competição garantissem vaga olímpica.

Com a decisão da federação, o Brasil perderia essas vagas e teria apenas dois atletas em Tóquio: Ingrid Oliveira e Kawan Pereira (ambos na plataforma de 10m).  Mas com os países classificados para as provas sincronizadas anunciando seus representantes, abriram-se vagas nas provas individuais e a FINA convocou os atletas que haviam sido semifinalistas da Copa do Mundo. Agora o Time Brasil têm 275 atletas classificados.

Foto: Divulgação/CBDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário