Caio Souza vence individual geral no Pan de Ginástica; Brasil garante mais uma vaga olímpica - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Caio Souza vence individual geral no Pan de Ginástica; Brasil garante mais uma vaga olímpica

Compartilhe

Caio Souza levou a medalha de ouro no individual geral do Campeonato Pan-Americano de Ginástica Artística. O brasileiro conseguiu 84.450 pontos na soma dos seis aparelhos. A prata ficou com Paul Juda, dos Estados Unidos, e Diogo Soares do Brasil levou o bronze.

O principal generalista do Brasil teve um ótimo desempenho nas suas apresentações. Caio Souza começou no cavalo com alças, tirando 13.400. Nas argolas, fez a melhor prova do dia, tirando 14.400. Já no salto sobre a mesa tirou 14.800 em um Yurchenko com dupla pirueta. Para tentar uma vaga na final do aparelho, fez um segundo salto: Um Dragulescu (duplo mortal para frente com meia volta), onde caiu e recebeu nota 14.050. Acertando o Dragulescu, Caio tem potencial de pegar a final da prova em Tóquio e brigar por uma medalha. Nos outros aparelhos, tirou 14.700 nas barras paralelas (melhor nota do dia), 13.450 na barra fixa e 13.700 no solo.

A etapa desta sexta-feira (4) também distribuiu duas vagas olímpicas. Caio Souza não era elegível, mas o Brasil conseguiu mais uma graças ao desempenho de Diogo Soares. Com os 82.700, o ginasta conquistou a medalha de bronze e garantiu uma vaga extra para o Brasil. Paul Juda, segundo colocado com 83.000, também garantiu uma cota olímpica extra para os Estados Unidos. Lembrando que essas vagas são dos países, não do ginasta em si, já que tanto Brasil como os Estados Unidos já tem uma equipe classificada. 


Na classificação por equipes, o Brasil levou o ouro com 251.400 pontos. A primeira posição foi garantida com um bom desempenho dos brasileiros nas barras paralelas e na barra fixa. Nos dois aparelhos, a equipe nacional tirou quatro pontos a mais do que os estadunidenses. Estados Unidos ficou com a medalha de prata 248.400 e a Colômbia com o bronze com 241.750 pontos.

Brasileiros se classificam para todas finais por aparelhos

O bom desempenho do Brasil também colocou os cinco ginastas do país nas finais por aparelhos. Caio Souza vai às finais das argolas, do salto e barras paralelas. Diogo Soares se classificou no solo, barras paralelas e barra fixa. Arthur Nory ficou em primeiro lugar na barra fixa (aparelho no qual é campeão do mundo) e também no solo. Tomás Rodrigues se classificou no salto e no cavalo com alças, onde Francisco Barretto Jr. liderou a qualificatória.

As finais por aparelho serão no domingo (6). Já no sábado (5) será a qualificatória feminina, que também vale vaga olímpica para o Brasil. O Pan-Americano de Ginástica Artística tem transmissão do Canal Olímpico do Brasil e do SporTV.

CLASSIFICAÇÃO FINAL


Equipes:
1. Brasil 251.400
2. Estados Unidos 248.400
3. Colômbia 241.750
4. Argentina 233.150
5. México 228.500
6. Chile 218.100
7. República Dominicana 203.600


Individual Geral:
1. Caio Souza (BRA) 84.450
2. Paul Juda (EUA) 83.000
3. Diogo Soares (BRA) 82.700
4. Riley Loos (EUA) 82.150
5. Vitaly Guimarães (EUA) 81.650
6. Cameron Bock (EUA) 81.200
7. Tomás Rodrigues (BRA) 81.050
8. Javier Sandoval (COL) 80.750
9. Jossimar Calvo (COL) 79.550
10. Tomás González (CHI) 78.500

Classificados para as finais por aparelhos:

Solo:
1. Riley Loos (EUA) 14.600
2. Arthur Nory (BRA) 14.300
3. Paul Juda (EUA) 14.300
4. Francisco Rojo (MEX) 14.200
5. Diogo Soares (BRA) 14.100
6. Tomás González (CHI) 13.950
7. Ignacio Varas (CHI) 13.400
8. Julian Jato (ARG) 13.300

Cavalo com alças
1. Francisco Barretto Jr. (BRA) 13.800
2. Cameron Bock (EUA) 13.500
3. Tomás Rodrigues (BRA) 13.400
4. Vitaly Guimarães (EUA) 13.350
5. Javier Sandoval (COL) 13.050
6. Jossimar Calvo (COL) 12.950
7. Luca Alfieri (ARG) 12.350
8. Javier Cervantes (MEX) 12.350

Argolas
1. Caio Souza (BRA) 14.400
2. Kristopher Bohorquez (COL) 14.200
3. Federico Molinari (ARG) 14.150
4. Fabian de Luna (MEX) 14.050
5. Riley Loos (EUA) 13.900
6. Cameron Bock (EUA) 13.800
7. Javier Sandoval (COL) 13.450
8. Daniel Villafañe (ARG) 13.350

Salto sobre a mesa
1. Tomás Rodrigues (BRA) 14.475
2. Caio Souza (BRA) 14.425
3. Fabian de Luna (MEX) 14.350
4. José Toro (COL) 14.150
5. Francisco Rojo (MEX) 13.675
6. Daniel Villafañe (ARG) 13.400
7. Wilfry Contreras (DOM) 13.350
8. Victor Rostagno (URU) 12.975

Barras paralelas
1. Caio Souza (BRA) 14.700
2. Diogo Soares (BRA) 14.300
3. Javier Sandoval (COL) 14.200
4. Paul Juda (EUA) 13.800
5. Julian Jato (ARG) 13.700
6. Jossimar Calvo (COL) 13.500
7. Tomás González (CHI) 13.250
8. Israel Chiriboga (ECU) 13.250

Barra fixa
1. Arthur Nory (BRA) 14.400
2. Javier Sandoval (COL) 13.850
3. Diogo Soares (BRA) 13.800
4. Vitaly Guimarães (EUA) 13.450
4. Riley Loos (EUA) 13.450
6. Jose Martinez (COL) 13.300
7. Jeordy Ramirez (DOM) 12.800
8. Santiago Mayol (ARG) 12.800

Fotos: Ricardo Bufolin/CBG

Nenhum comentário:

Postar um comentário