Luiz Francisco é o primeiro atleta confirmado do skate brasileiro em Tóquio-2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Luiz Francisco é o primeiro atleta confirmado do skate brasileiro em Tóquio-2020

Compartilhe


Luiz Francisco é o primeiro brasileiro classificado para a estreia do skate nos Jogos Olímpicos, em Tóquio. Sua vaga foi assegurada matematicamente nesta terça-feira (11), a partir do anúncio da World Skate de que o Dew Tour (16 a 23 de maio, em Des Moines) terá mantida a pontuação de Pro Tour. Por conta do cancelamento do Mundial de Park de 2021, o evento da próxima semana será o último classificatório para o park.

“A notícia que chegou hoje me deixou muito feliz. Foram três anos na correria, competindo, viajando. Realmente não foi fácil chegar até aqui. Desde o início era uma coisa que eu queria. Querendo ou não, Olimpíada é o maior evento que temos de esporte no mundo", comemorou o skatista após a ratificação da vaga.

Natural de Lorena (SP), Luizinho, de 20 anos, ocupa a segunda colocação do ranking mundial. Ao longo das classificatórias olímpicas, ele foi vice-campeão do Aberto Internacional de Nanjing (CHN), em julho de 2019, e, em setembro daquele mesmo ano, ficou com a prata no Mundial realizado em São Paulo.

"Fazer parte da primeira Seleção Brasileira de Skate, da primeira Olimpíada com skate, é um marco histórico. E conseguir ter assinado o meu nome nele é muito gratificante. Estou muito feliz. Não tenho palavras para descrever. Está difícil até raciocinar ainda", disse o paulista. 


Luiz Francisco está com a delegação brasileira na Califórnia participando de período preparatório para a disputa do Dew Tour

“Temos buscado criar as melhores oportunidades para os skatistas brasileiros. A conquista da vaga pelo Luizinho representa que o primeiro desses nossos 12 objetivos foi alcançado. É algo que nos emociona e enche de orgulho, tanto pelo Luizinho e pela família dele quanto pelo trabalho que temos realizado”, destaca Eduardo Musa, presidente da Confederação Brasileira de Skate (CBSk).

O skate brasileiro poderá contar com até 12 representantes nos Jogos de Tóquio, três por modalidade (park e street) e gênero (feminino e masculino). 

Foto: Julio Detefon

Nenhum comentário:

Postar um comentário