CBJ anuncia equipe olímpica com Rafael Silva e Maria Suelen nos pesados - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

CBJ anuncia equipe olímpica com Rafael Silva e Maria Suelen nos pesados

Compartilhe
Maria Suelen Altheman convocada para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) anunciou na tarde desta quarta-feira (16) a seleção brasileira que irá representar o Brasil nos Jogos Olímpicos Tóquio-2020, após a Federação Internacional de Judô (IJF) ter divulgado o ranking atualizado pós-Mundial. Dentre os 13 judocas convocados, o destaque está para Maria Suelen Altheman e Rafael Silva, o Baby, dos pesados - que disputaram vaga olímpica interna até a última competição.


No masculino teremos Eric Takabatake (-60kg), Daniel Cargnin (-66kg), Eduardo Barbosa (-73kg), Eduardo Yudi (-81kg), Rafael Macedo (-90kg), Rafael Buzacarini (-100kg) e Rafael Silva (+100kg); enquanto no feminino os selecionados foram Gabriela Chibana (-48kg), Larissa Pimenta (-52kg), Ketleyn Quadros (-63kg), Maria Portela (-70kg), Mayra Aguiar (-78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg).


No naipe feminino, apenas Larissa Pimenta e Gabriela Chibana participarão pela primeira vez dos Jogos Olímpicos. Por outro lado, a experiente Ketleyn Quadros, bronze em Pequim-2008, volta a disputar uma Olimpíada.


Já na equipe masculina apenas Rafael Buzacarini e Rafael Silva disputaram uma Olimpíada. Todos os outros cinco judocas farão a estreia olímpica em Tóquio.


A sentida ausência é da campeã olímpica na Rio-2016 Rafaela Silva, punida por doping. Antes da apresentação oficial a CBJ, através do gestor de Alto Rendimento Ney Wilson Pereira, analisou o ciclo olímpico do judô brasileiro, apresentando resultados, treinamentos e os números de atletas novatos na seleção neste ciclo.


Segundo ele, o Brasil conquistou 395 medalhas em torneios disputados neste ciclo olímpico de cinco anos. Outro número divulgado foi o de treinamentos nacionais e internacionais, totalizando 49 ao longo dos últimos anos.


Além de Ney Wilson, participaram da transmissão ao vivo no YouTube o presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, o gestor das Equipes de Base, Marcelo Theotônio, a coordenadora técnica da seleção feminina, Rosicleia Campos, o coordenador técnico da seleção masculina, Luiz Shinohara, o técnico da seleção feminina, Mario Tsutsui, e a técnica da seleção masculina, Yuko Fujii.


A CBJ também anunciou a equipe técnica completa que embarca para Hamamatsu, local de aclimatação do judô brasileiro, e depois para Tóquio, onde a seleção estreia na Budokan Arena a partir do dia 24 de julho.


Comissão técnica completa do judô que embarca para Tóquio 2020
Equipe técnica completa que embarca para o Japão - Foto: Reprodução/YouTube


Foto em destaque: Reprodução/YouTube


Um comentário:

  1. uma atleta que faz judo com amor ao esporte o judo foi a dedicaçao a vida dela inteira nunca desistio do obejetivo dela estar em olimpida parabem suelem voce mereçe

    ResponderExcluir