Lucas Verthein garante vaga em Tóquio 2020 após vencer skiff simples no pré-olímpico continental do remo - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Lucas Verthein garante vaga em Tóquio 2020 após vencer skiff simples no pré-olímpico continental do remo

Compartilhe


*Com Wesley Felix (Atualizado às 16h55)

O Brasil carimbou nesta sexta-feira (05) mais um passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio!  Lucas Verthein, do remo, conseguiu classificar um barco no skiff simples após vencer a Final A da prova na Regata Pan-Americana de Qualificação Olímpica, disputada na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro-RJ.


Lucas teve uma atuação impecável na seletiva continental. Ele, que foi medalhista no Mundial Júnior de 2017, venceu as três baterias que disputou, incluindo a semifinal e a final nesta sexta. Como as disputas de sábado foram canceladas por recomendação da Secretária de Saúde do Rio, as provas finais foram antecipadas para esta sexta e o remador do Botafogo precisou trabalhar dobrado.


Depois de vencer a semifinal pela manhã, com 7min15s47, o brasileiro venceu a bateria final pela tarde, com o tempo de 7min24s860. Impondo um forte ritmo desde o começo, ele liderou toda a prova e chegou a ser incomodado pelo chileno Felipe Morales, mas conseguiu resistir bem à pressão e terminou como vencedor.


   



Apesar da vitória, Lucas precisou aguardar os desempenhos dos outros barcos brasileiros nas finais seguintes, no skiff duplo peso leve masculino e feminino, para saber se ficaria ou não com a vaga olímpica. Conforme o regulamento da World Rowing, apenas duas embarcações do mesmo país podem garantir vaga por meio da competição pré-olímpica continental.


Assim, caso os barcos brasileiros seguintes vencessem suas finais, Lucas poderia não ir à Olimpíada, já que a seleção para o evento, neste caso, ficaria a critério da Confederação Brasileira de Remo (CBR). Não foi o que aconteceu, com o barco masculino, com Emanuel Borges e Evandro Moraes, chegando em terceiro lugar, e o barco feminino, com Isabela Camargo e Vanessa Cozzi, ficando em segundo.


Como ninguém superou sua classificação, Lucas garantiu lugar nos Jogos. Agora, o Brasil conta com 181 atletas classificados para o megaevento, que será disputado de 23 de julho a 08 de agosto. Os outros remadores brasileiros precisarão passar pelo Pré-Olímpico Mundial, a ser disputado na Bulgária, para tentar uma vaga na Olimpíada.


Foto de capa: Miriam Jeske/CBR


Nenhum comentário:

Postar um comentário