Edival Pontes, o Netinho, conquista primeira vaga do taekwondo brasileiro em Tóquio-2020 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Edival Pontes, o Netinho, conquista primeira vaga do taekwondo brasileiro em Tóquio-2020

Compartilhe

Saiu a primeira vaga do taekwondo brasileiro nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesta quarta-feira, 11, Edival Pontes, o Netinho, carimbou seu passaporte para Tóquio na categoria até 68kg, após vencer três lutas no Pré-Olímpico das Américas, realizado em Heredia, na Costa Rica.

Campeão dos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, Netinho bateu o paraguaio Caros Gimenez, por 30 a 6, o uruguaio Federico Gonzalez, por 22 a 6, e o canadense Andrew Park, por 30 a 19, para se garantir em sua primeira Olimpíada na carreira.

Como cada categoria do evento qualificatório americano disponibiliza duas cotas olímpicas a Tóquio, chegar na final bastou para Edival garantir sua vaga. Bernardo Pie, da República Dominicana, foi o outro classificado na categoria. Netinho o derrotou na semifinal do Pan de Lima.

A luta decisiva foi um verdadeiro teste pra cardíaco. O brasileiro terminou o primeiro round vencendo por 5 a 3, mas acabou levando o empate logo no início do segundo round e o duelo tornou-se muito equilibrado.


Netinho retomou a frente do placar e chegou a ter 8 a 7, mas Park conseguiu uma sequência de dois chutes no colete e virou a luta para 11 a 8. O canadense sofreu pontuações apenas por ter caído, não deixando o brasileiro atingi-lo nenhuma vez até o final do round, que acabou 13 a 10 contra Netinho.


No último e decisivo round, Edival seguiu sem pontuar nos primeiros 30 segundos. Um pedido de revisão de vídeo feito pelo técnico brasileiro paralisou o combate e esfriou a cabeça de Netinho, que voltou com tudo. Concentrado, o brasileiro imprimiu um forte ritmo e virou o duelo para na sequência, com um chute na cabeça e outro no colete. Daí, manteve a vantagem já na reta final e, com o desespero do canadense, abriu ainda mais e confirmou sua classificação.


Netinho tem 22 anos e é o atual número 7 do ranking mundial. Medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2014, ele chega como uma das principais esperanças de medalha brasileira em Tóquio-2020. Vale lembrar que o torneio olímpico do taekwondo é composto por apenas 16 atletas em cada categoria. 


Outros resultados


Além da 68kg masculina, três categorias foram disputadas no Pré-Olímpico das Américas nesta quarta: a 57kg e a +67kg femininas e a +80kg masculina. México e República Dominicana conseguiram, cada um, dois qualificados no dia. O limite de classificação olímpica pelos eventos continentais é de quatro atletas por país, sendo dois de cada naipe.

Confira todos os classificados:

-57kg: Anastasija Zolotic (USA) e Fernanda Aguirre (CHI)

+67kg: Briseida Acosta (MEX) e Katherine Rodriguez (DOM)

-68kg: Netinho (BRA) e Bernardo Pie (DOM)

+80kg: Carlos Sansores (MEX) e Rafael Alba (CUB)

Outros três brasileiros entram em ação na quinta-feira, 12, também buscando a qualificação aos Jogos de Tóquio: Talisca Reis (49kg), Milena Titoneli (67kg) e Ícaro Miguel (80kg). Todos são cabeças de chave número 1 de suas categorias e são favoritos às vagas.

Foto: Jonne Roriz/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário