Resumão Tóquio 2020 - Dia 9 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Resumão Tóquio 2020 - Dia 9

Compartilhe

 







 


Em um dia fraco para o Brasil no atletismo, o destaque mais uma vez foi Alison dos Santos, que chegou a final dos 400m c/barreiras, vencendo sua bateria na semifinal e batendo (pela sexta vez) o recorde sul-americano com 47s31. Já Paulo André não foi bem e terminou em último em sua bateria na semifinal dos 100m rasos. Tatiane Raquel foi eliminada dos 3000 com obstáculos, mas pelo menos conseguiu quebrar o recorde brasileiro da modalidade.

Nos 100m rasos, o novo homem mais rápido do mundo é o italiano Lamont Marcell Jacobs que venceu a prova com 9s80 - melhor marca da carreira e novo recorde europeu. A prata ficou com Fred Kerley, dos Estados Unidos, com 9s84. Repetindo sua colocação da Rio-2016, o canadense Andre DeGrasse foi bronze com 9s89.

A Itália vibrou ainda mais n atletismo, já que  Gianmarco Tamberi  levou o ouro no salto em altura, dividindo com o catari Mutaz Essa Barshim láurea, com ambos com a marca de 2,37m . Maskim Nedasekau (BLR) foi bronze - Por conta do empate no primeir lugar, não teve entrega da prata na prova. 

No arremesso de peso feminino, Gong Lijiao (CHN), Bicampeã mundial, confirmou o favoritismo ao registrar 20,58m, com direito a recorde pessoal, e faturou sua terceira medalha olímpica. A estadunidense Raven Saunders ficou com a prata, com 19,79m. A neozelandesa Valerie Adams fechou o pódio, marcando 19,62m. 

No salto triplo feminino, Yulimar Rojas (VEN) levou o o ouro e quebrou o recorde mundial - com a marca de 15,67m. A medalha de prata ficou com a portuguesa Patricia Mamona, que saltou 15.01m e quebrou o recorde nacional. Ana Peleteiro, da Espanha, saltou 14.87m.




A atleta chinesa Chen Yu Fei se consagrou campeã olímpica de badminton ao derrotar neste domingo (1) a taiwanesa Tai Tzu-Ying por 2 sets a 1 na final do torneio. PV Sindhu (IND)  ficou com o bronze ao vencer a chinesa He Bing Jiao por 2 a 0, parciais de 21-13 e 21-15.

No masculino, foi definida a final do simples com Viktor Azelsen (DEN) enfrentando Chen Long (CHN). Kevin Cordon (GUA) e Anthony Ginting (CHN) vão disputar o bronze.



O basquete masculino conheceu seus classificados para as quartas de final, com o encerramento do grupo C - A Eslovênia venceu a Espanha por 95 a 87 e a Argentina venceu o Japão por 97 a 77. Com isso, teremos os seguintes confrontos nas quartas de final:

Itália x França
Eslovênia x Alemanha
Espanha x Estados Unidos
Austrália x Argentina

Entre as mulheres, vimos a definição do grupo A, com a Espanha vencendo o Canadá por 76 a 66 e a Sérvia vencendo a coreia do Sul por 65 a 61. Espanha e Sérvia se classificaram e o Canadá agora espera a definição dos outros grupos para saber se está classificado ou não para as quartas




Na sexta rodada do beisebol nos Jogos Olímpicos, Israel superou a boa equipe do México por 12 corridas a 5 e manteve viva a chance de medalhas. Na outra partida da noite, a Coreia do Sul virou sobre a República Dominicana e venceu por 4 corridas a 3. 



Hebert Conceição venceu Abilkhan Amankul (KAZ) - vice campeão do mundo - nas quartas de final da categoria 75kg e avançou para a semfinal da categoria, garantindo no mínimo o bronze para o Brasil. Também foram conhecidos finalistas em duas categorias de competições masculinas em Tóquio. Na categoria até 69kg,  Pat McCormack (GBR) vai brigar pelo ouro com Roniel Iglesias (CUB), enquanto na categoria até 81kg, Arlen Lopez (CUB) irá enfrentar Benjamin Whittaker (GBR).



O Ciclismo BMX Freestyle conheceu seus primeiros campeões olímpicos. No feminino, Charlotte Worthington da Grã-Bretanha fez volta quase perfeita e ficou com a medalha de ouro. O pódio foi completado por Hannah Roberts, dos Estados Unidos, e Nikita Ducarroz da Suíça.

No masculino,  Austin Logan da Austrália levou o ouro.  O ciclista pontuou 93.30 logo na primeira volta e eliminou a nota da segunda. Daniel Dhers da Venezuela ficou com a medalha de prata (92.05) e Declan Brooks, da Grã-Bretanha, ficou com a medalha de bronze. 




A França conquistou a última medalha de ouro da esgrima nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Eles conquistaram o título olímpico do florete masculino por equipes, derrotando na final o time do Comitê Olímpico Russo pelo placar de 45 a 28. Já a medalha de bronze ficou para a equipe dos Estados Unidos, que derrotou o Japão pelo placar de  45 a 31.



Ouro histórico para o Brasil! Rebeca Andrade venceu a final do salto sobre a mesa com média 15.033 nos seus dois saltos. A brasileira aumentou a dificuldade do seu segundo salto para se garantir no topo do pódio. Rebeca agora é a única mulher brasileira a conquistar mais de uma medalha em uma mesma edição de Jogos Olímpicos. 

Nas outras finais do dia, Artem Dolgopyat de Israel foi ouro no solo masculino, Nina Derwael da Bélgica venceu as barras assimétricas e Max Whitlock da Grã-Bretanha venceu seu segundo ouro seguido no cavalo com alças.




Com 18 tacadas abaixo do par, o estadunidense Xander Schauffele conquistou a medalha de ouro no torneio masculino de golfe em Tóquio 2020. Ele teve uma jogada de vantagem para o medalhista de prata, Rory Sabbatini, da Eslováquia, considerado uma das grandes zebras dos Jogos Olímpicos de Tóquio. 

Mas as zebras não pararam por ai. Após um empate de sete golfistas no terceiro lugar, foi necessário a disputa de um playoff com buracos extras para definir a medalha de bronze olímpica. 

Após quatro buracos extras, Pan CT, golfista do Taipé Chinês, levou a melhor e ficou com o bronze, superando nomes como Matsuyama Hideki, Rory McIlroy e Collins Morikawa. 

O torneio feminino de golfe será disputado entre os dias 3 e 7 de agosto.


A seleção brasileira de handebol masculino foi derrotada pela Alemanha por 29 a 25 e deu adeus aos Jogos Olímpicos de Tóquio ainda na primeira fase. terminando em quinto no seu grupo - décim lugar no geral. 

França x Bahrein
Egito x Alemanha
Dinamarca x Noruega
Suécia x Espanha



 A Argentina não conseguirá defender seu título olímpico no masculino, após ser derrotada pela Alemanha por 3 a 0 Os alemães vão duelar com a Austrália, que empatou em 2-2 com os Países Baixos no tempo normal, mas levou a melhor no shootout por 3-0. No outro lado da chave, a campeã mundial Bélgica, superou a Espanha por 3-1 e tentará o inédito ouro, após ficar com a prata em 2016. Os belgas vão enfrentar a Índia, que bateu a Grã-Bretanha também por 3-1.




O cavaleiro Marcelo Tosi segue sendo o melhor atleta do Brasil no concurso completo de equitação no hipismo após a realização da prova do cross country, na 24º colocação. Carlos Parro pulou para 33º, Rafael Losano abandonou a prova para preservar sua montaria 





Neisi Dajomes (ECU) conquistou o ouro olímpico na categoria até 76kg feminino, o segundo do Equador nos Jogos e o primeiro do país na modalidade. A prata foi para Katherine Nye (USA) e o bronze foi para Aremi Zavala (MEX)


Bruno Fratus conquistou a medalha de bronze nos 50m livre masculino. O brasileiro concluiu a prova em terceiro lugar com 21.57. Ouro para Caeleb Dressel (USA) com 21.07 (recorde olímpico) e Florent Manaudou (FRA)  ficou com a prata com 21.55. 

Com o fim de provas da natação, o principal destaque da modalidade foi Emma McKeon da Austrália. A atleta conquistou 7 medalhas (4 ouros e 3 bronzes) e no último dia ela foi campeã dos 50m livre e do revezamento 4x100m medley feminino.


 

Encerrada a primeira fase no polo aquático feminino, foram definidas as quartas de final da modalidade: 

Espanha x China 
Países Baixos x Hungria
Austrália x Comitê Olímpico Russo 
Canadá x Estados Unidos


Dobradinha da China na final feminina do trampolim de 3m. Shi Tingamao ganhou seu segundo ouro olímpico na prova e Wang Han, sua parceira no sincronizado, levou a prata. O bronze foi para Krysta Palmer dos Estados Unidos




Terminaram os torneios olímpicos do tênis em Tóquio 2020. Com resultados inesperados, o maior destaque da competição vai para a medalha de bronze do Brasil, conquistada no último sábado (31), nas duplas femininas com Luisa Stefani e Laura Pigossi. Essa foi a primeira vez em que nosso país foi ao pódio olímpico nesta modalidade. 

Mas neste último dia da modalidade em Tóquio 2020, temos que ressaltar a conquista do ouro pela dupla da República Tcheca, formada por Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, que bateram na final as suíças Belinda Bencic e Viktorjia Golubic. Krejcikova e Siniakova já tinham conquistado o título de Roland Garros em junho e reafirmaram a excelente fase com o título olímpico. Importante falar também sobre Bencic, que ficou com o ouro em simples e a prata nas duplas. 

Já no torneio masculino, deu Alexander Zverev, que colocou a Alemanha no lugar mais alto do pódio no tênis pela primeira vez em 29 anos. Vitória fácil contra o russo Karen Khachanov, que ficou com a prata. Vale relembrar, a medalha de bronze foi conquistada por Pablo Carreno Busta, da Espanha, no último sábado (31), após bater o sérvio Novak Djokovic. 

Por fim, fechando as atividades no tênis olímpico, tivemos a decisão da medalha de ouro nas duplas mistas. Na disputa caseira entre parcerias do Comitê Olímpico Russo (ROC), quem levou a melhor foi Anastasia Pavlyuchenkova e Andrey Rublev, que venceram de virada Elena Vesnina e Aslan Karatsev.




No início da disputa por equipes, o Brasil caiu na primeira rodada no feminino para Hong Kong por 3 a 1 e foi eliminado.  No masculino, o Brasil conseguiu uma grande virada e passou pela Sérvia por 3 a 2 e vai enfrentar a Coreia do Sul nas quartas de final 




Robert Scheidt acabou não indo bem na regata da medalha da classe, ficando em penúltimo lugar e encerrando a competição em oitavo lugar. O ouro ficou com o australiano Matt Wearn, que já havia sido campeão antes da medal race. Na Laser Radial, Anne-Marie Rindom (DEN) levou o ouro. 

Na Nacra 17, Gabriela Nicolino e Samuel Albrecht garantiram lugar na regata da medalha na décima posição, mas eles tem chances remotíssimas de medalha. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan estão em sétimo lugar na 470, faltando 2 regatas para a regata da medalha. Já no 470 masculino, Henrique Haddad e Bruno Bethlen estão em 15 sem chances de medalha. Na classe Finn, Jorge Zarif terminou em décimo quarto, ficando de fora da regata da medalha.  



Em um jogo de tirar o fôlego, de quase 3 horas de duração, o Brasil venceu a França por 3 sets 2 e se classificou em segundo em seu grupo. Nas quartas de final, a seleção enfrentará o Japão. Confira os outros confrontos das quartas, com destaque para a eliminação dos Estados Unidos, que caiu na primeira fase para a Argentina:

Comitê Olímpico Russo x Canadá
Itália x Argentina
Polônia x França



Um sentimento agridoce para o Brasil no vôlei de praia. Se Ana Patrícia/Rebecca brilharam, vencendo Xang/Xia (CHN) e avançando para as quartas de final, Ágatha/Duda caíram para Ludwig/Kozuch (GER) em jogo duríssimo, decidido no tie break e foram eliminadas. 



O Esteve em ação no primeiro dia do Wrestling, mas não teve um bom dia. Aline Silva e Eduard Soghomonyan foram derrotadas nas oitavas de final. Eduard perdeu para o alemão Eduard Popp, por 2 a 0, na categoria até 130kg do estilo greco-romana, enquanto Aline perdeu para a turca Yasemin Adar, por 6 a 0, na luta livre até 76kg. 

Como seus rivais foram eliminados logo na sequência, eles não puderam disputar a repescagem e deram adeus aos jogos. Adeline Gray (USA) e Aline Focken (GER) vão disputar o ouro na categoria até 76kg enquanto na greco romana até 130kg, Mijain Lopez (CUB) vai em busca do tetra olímpico enfrentando Iakobi Kajaia (GEO) 


Confira abaixo o quadro de medalhas após 9 dias de competição:




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário