Lamont Jacobs, da Itália, vence em Tóquio e é primeiro campeão olímpico dos 100m rasos pós-Bolt - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Lamont Jacobs, da Itália, vence em Tóquio e é primeiro campeão olímpico dos 100m rasos pós-Bolt

Compartilhe


Na primeira prova olímpica dos 100 metros rasos após a aposentadoria de Usain Bolt, Lamont Marcell Jacobs colocou seu nome na história. Aos 26 anos, o italiano venceu a final com o tempo de 9.80s, sua melhor marca pessoal e novo recorde europeu. A prata ficou com Fred Kerley, dos Estados Unidos, com 9.84. Repetindo sua colocação da Rio-2016, o canadense Andre DeGrasse foi bronze com 9.89.

O título de Jacobs, que nasceu no estado do Texas, EUA, mas é filho de mãe italiana, é o primeiro da Itália na prova na história dos Jogos Olímpicos. O dia acabou sendo histórico para o "país da bota", já que, pouco mais de dez minutos antes, Gianmarco Tamberi havia sido campeão do salto em altura, dividindo o ouro com o catari Mutaz Essa Barshim.

A decisão começou de forma tensa. O britânico Zharnel Hughes queimou a largada e foi desclassificado. No segundo tiro, já válido, o italiano assumiu a ponta e controlou a prova até o fim. Além dos medalhistas, completaram a final o sul-africano Akani Simbine (9.93), o americano Ronnie Baker (9.95) e o chinês Su Bingtian (9.98). O nigeriano Enoch Adegoke sentiu uma lesão e não terminou.

Favorito ao ouro, o estadunidense Trayvon Bromell sequer se classificou para a final. Melhor brasileiro na competição, Paulo André Camilo de Oliveira também caiu na semifinal, com o tempo de 10.31s. Rodrigo do Nascimento e Felipe Bardi ficaram nas eliminatórias.

Foto: Reuters / Phil Noble

Nenhum comentário:

Postar um comentário