Basquete masculino tem fase de grupos terminada; No feminino, Sérvia vence Coreia do Sul e se classifica - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Basquete masculino tem fase de grupos terminada; No feminino, Sérvia vence Coreia do Sul e se classifica

Compartilhe

 


Na manhã deste 1º de agosto tivemos mais um dia de basquete pelos Jogos Olímpicos de Tóquio, onde já se sabe os classificados para as quartas de final da competição masculina, enquanto o grupo A do torneio feminino também já teve todas as partidas disputadas, se encerrando com um jogo decidido no fim e classificação vinda no sufoco.


A Espanha jogou contra o Canadá e pouco sofreu para conquistar a vitória por 76 a 66. O time liderado pela pivô Astou Ndour - que fez um double-double de 20 pontos e 11 rebotes -, garantiu a vaga, mas deu extrema importância para a partida que ocorreria horas mais tarde.


O contexto era simples: Se a Sérvia ganhasse da Coreia do Sul, conseguia a vaga nas quartas de final direto. As sul-coreanas tinham que vencer para ainda ter chances matemáticas de classificação pelo terceiro lugar. Em determinado ponto do jogo, as sérvias foram para o último quarto com 14 pontos de vantagem, mas o jogo se complicou.


Empilhando cestas de três e aproveitando inúmeras chances de pontuar, a Coreia do Sul chegou a virar o jogo para 61 a 58 faltando quatro minutos para terminar a partida. No entanto, elas não pontuaram mais e a Sérvia reassumiu a ponta do placar e conseguiu a classificação por 65 a 61. A ala-pivô Aleksandra Crvendakic comandou a vitória do time sérvio com 15 pontos, sete rebotes e quatro assistências.


Com o resultado, o Canadá que está neste momento na terceira posição do grupo, depende de outros times para se classificar. Com quatro pontos, precisa torcer que a França não vença os Estados Unidos e que a Austrália não vença Porto Rico por mais de 24 pontos.



Pelo torneio masculino, a fase de grupos foi encerrada com partidas do grupo C. No primeiro jogo do dia, a Argentina conseguiu a classificação pelo terceiro lugar. Os campeões dos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004 e um dos medalhistas de ouro daquela geração dourada, liderou os argentinos para as quartas de final.


Luis Scola ainda parece ter lenha para queimar. O ala-pivô fez um double-double com 23 pontos e dez rebotes, com direito a uma roubada de bola e um toco. Nada mal para um jogador de 41 anos, onde o corpo já mostra sinais de cansaço, mas que usou a experiência para garantir a vitória diante do Japão por 97 a 77.


Se os olhos estavam voltados para o imortal camisa 4 argentino, outro jogador teve um grande desempenho e foi fundamental para dar sobrevida no que parece ser a "última dança" de Scola nos Jogos Olímpicos. O armador do Denver Nuggets Facundo Campazzo também fez um double-double com 17 pontos e 11 assistências, ainda conseguiu sete rebotes.



Encerrando o jogo da fase de grupos masculina, a Espanha enfrentou a Eslovênia em duelos dos dois times mais fortes do grupo C. Como era previsto, o equilíbrio se fez presente desde o início do primeiro quarto, com ponto lá e ponto cá, terminou com os espanhóis à frente por 24 a 20. Já o segundo período reservou quatro mudanças de liderança, mas que terminou com o time espanhol na ponta do placar por 44 a 41.


Na volta do intervalo, a vantagem espanhola chegou a 12 pontos, mas os eslovenos derreteram a diferença e chegaram para a última parcial perdendo por apenas dois pontos, com o marcador mostrando 70 a 68. Com muitas mudanças de liderança, a Eslovênia aproveitou diversos lances livres e saíram com a vitória por 95 a 87, conquistando 100% de aproveitamento, em um dia de Luka Doncic ofuscado.


Apesar de ter feito um double-double (12 pontos e 14 rebotes), além de nove assistências, seus companheiros de time se destacaram mais que o ala-armador. O ala-pivô do Denver Nuggets Vlatko Cancar foi o cestinha do jogo com 22 pontos. Já Mikey Tobey também fez um duplo-duplo com 16 pontos e 14 rebotes. O companheiro de Tobey no Valência, o armador Klemen Prepelic fez quatro cestas, acertou 9 dos 10 lances livres e anotou 15 pontos.



Fotos: FIBA e Brian Synder/REUTERS


Nenhum comentário:

Postar um comentário