Guia dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Guia dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020

Compartilhe
Atletas brasileiros nas Paralimpíadas de Tóquio

Depois de muitas alegrias e tristezas vividas durante os Jogos Olímpicos, chegou a hora de experimentar mais uma vez esse misto de emoções, agora nas Paralimpíadas. Começa na próxima terça-feira, 24 de agosto, em Tóquio, a 16ª edição dos Jogos Paralímpicos e o Brasil é uma potência no megaevento, prometendo trazer muitas medalhas nesta edição.

Os Jogos Paralímpicos serão disputados entre 24 de agosto e 05 de setembro. A cerimônia de abertura está programada para a terça-feira (24), às 08h, no horário de Brasília. Há, ao todo, 19 locais de disputas distribuídos entre a região metropolitana de Tóquio, que será a primeira cidade a receber a Paralimpíada pela segunda vez. 

Cerca de 4.500 atletas são esperados para esta edição. Com o lema "Unidos pela emoção", Tóquio 2020 reunirá 539 disputas por medalha em 22 esportes (serão 23 modalidades, já que o ciclismo se divide em pista e estrada). Duas modalidades farão sua estreia no programa em Tóquio, o taekwondo e o badminton, substituindo o futebol de 7 e a vela, que se despediram após os Jogos do Rio.

O Brasil contará com 260 atletas (incluindo atletas sem deficiência como guias, calheiros e goleiros), sendo 164 homens e 96 mulheres. Considerando comissão técnica, médica e administrativa, a delegação brasileira terá 434 pessoas. Esta é a maior equipe do país em uma edição paralímpica no exterior.

A modalidade com o maior número de atletas será o atletismo, com 65 representantes e 19 atletas-guia. Logo atrás, vem a natação, com 36 esportistas, incluindo o multi-medalhista Daniel Dias. O atletismo conta com 168 disputas por medalha, enquanto a natação tem 146 provas. Ambas as modalidades somadas representam cerca de 58% do total de medalhas distribuídas nos Jogos Paralímpicos.

260 atletas representarão o Brasil em Tóquio 2020
Todos os brasileiros que vão participar da Paralimpíada de Tóquio (Foto: Alê Cabral/CPB)

O Brasil é uma potência dos esportes paralímpicos e promete fazer bonito mais uma vez em Tóquio. A expectativa do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) é que o país fique no top-10 do quadro geral de medalhas, assim aconteceu na Rio-2016. Na última edição, o Brasil terminou na 8ª colocação, com 14 ouros, 29 pratas e 29 bronzes, totalizando 72 conquistas.

É neste clima de muita expectativa que o Surto Olímpico apresenta o seu Guia das Paralimpíadas de Tóquio 2020. Neste super compilado, há informações e dados completos de todas as modalidades em disputa na capital japonesa. Nas 23 páginas abaixo, você encontra a história, explicação das provas, classificação funcional, retrospecto brasileiro e dos atletas e um minicalendário de cada modalidade.

Todo este trabalho foi feito com muito carinho para você que, assim como os membros de nossa equipe, é “surtada” ou “surtado” pelo esporte, seja ele Olímpico ou Paralímpico. Nossas portas estão abertas para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, que estão prontos para nos emocionar. 

Leia nosso guia, se informe e compartilhe os Jogos Paralímpicos! A cobertura integral será feita em nosso site. Sempre que tiver alguma dúvida durante os eventos, lembre de consultá-lo. Além disso, você também pode acompanhar os nossos superatletas pela televisão. Globo, SporTV e TV Brasil farão a transmissão ao vivo do megaevento.

- Equipe Surto Olímpico























Nenhum comentário:

Postar um comentário