Guia Paralimpíadas Tóquio 2020: Tênis de Mesa - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Guia Paralimpíadas Tóquio 2020: Tênis de Mesa

Compartilhe


O TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO

O tênis de mesa é um dos poucos que está desde a primeira edição dos Jogos Paralímpicos, em Roma-1960. Na Itália, foram disputadas apenas os torneios de simples e de duplas, tanto no feminino quanto no masculino. Isso mudou em 1972, quando começaram as competições por equipes.

A primeira participação brasileira veio em 1976, quando também começaram a participar os atletas em pé. O país participou com quatro homens e uma mulher. Embora tenha participado da quinta edição dos Jogos, a modalidade só chegou de vez ao Brasil em 1995, junto da criação do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro).

A primeira medalha brasileira veio nas disputa por equipes masculina em Pequim-2008 com Welder Knal e Luiz Algacir Silva. Na Rio-2016, o Brasil teve sua melhor participação com uma prata, conquistada por Israel Stroh e três bronzes, sendo dois com Bruna Alexandre.

Bruna Alexandre tem duas medalhas paralímpicas (Foto: Fernando Maia/MPIX/CPB)
Há 11 classes funcionais no tênis de mesa. Em Tóquio, serão 21 disputas por medalha individuais e dez por equipes, totalizando 31. Nas competições por equipes, há as provas do 1-2, 3, 4-5, 6-7, 8, 9-10 para os homens e 1-3, 4-5, 6-8, 9-10 para as mulheres. 

As regras do tênis de mesa paralímpico são praticamente as mesmas do tênis de mesa convencional - há diferenças no saque para as classes de cadeirantes, por exemplo. Cada partida é disputada em melhor de cinco sets, que vão até 11 pontos cada

CLASSIFICAÇÕES

São 11 classes diferentes no tênis de mesa, sendo cinco para atletas cadeirantes, cinco para andantes e um para atletas com deficiência intelectual. As classificações variam conforme o grau de deficiência do atleta.

TT1, TT2, TT3, TT4 e TT5 - Atletas cadeirantes

TT6, TT7, TT8, TT9, TT10 - Atletas andantes

TT11 - Atletas andantes com deficiência intelectual

BRASILEIROS EM TÓQUIO-2020

O Brasil irá com 14 atletas em oito classes nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O país não terá nenhum representante nas classes T11, TT1, TT5, TT6. Confira os atletas:

Cátia Oliveira: T2
Idade: 30
Participações paralímpicas: 1
Medalhas:0

Cátia Oliveira foi bronze no Parapan de Lima, em 2019, e vice-campeã mundial (Foto: Exemplus/CPB)

David Brasilino: T3
Idade: 43
Participações paralímpicas: 2
Medalhas: 0

Mariliane Santos: T3
Idade: 29
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0

Welder Knaf: T3
Idade: 40
Participações paralímpicas: 4
Medalhas: 1 (bronze)

Joyce de Oliveira: T4
Idade:31
Participações paralímpicas: 3
Medalhas: 0

Israel Stroh: T7
Idade:34
Participações paralímpicas: 1
Medalhas: 1 prata

Israel Stroh foi vice-campeão olímpico na Rio-2016 (Foto: Alê Cabral/CPB)

Milena França: T7
Idade: 25
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0

Paulo Salmin: T7
Idade: 27
Participações paralímpicas: 2
Medlahas:0

Lethícia Lacerda:
T8
Idade: 18
Participações Paralímpicas: 0
Medalhas: 0

Luiz Filipe Manara: T8
Idade: 29
Participações paralímpicas: 1
Medalhas: 0

Jenyfer Parinos: T9
Idade: 25
Participações paralímpicas: 1
Medalhas: 1 (bronze)

Danielle Rauen: T9
Idade: 23
Participações paralímpicas: 1
Medalhas: 1 bronze

Danielle Rauen durante a Rio-2016 (Foto: CPB)
Bruna Alexandre: T10
Idade: 26
Participações paralímpicas: 1
Medalhas: 2 bronzes

Carlos Alberto Carbinatti: T10
Idade: 37
Participações paralímpicas: 3
Medalhas: 0

CALENDÁRIO

As competições individuais serão iniciadas logo no primeiro dia, na noite brasileira de terça-feira (24), a partir das 22h. Já as disputas por equipes terão início ao fim das competições de simples, em 30 de agosto, às 22h.

FINAIS

28/08
04h30 - individual classe 11 fem
05h15 - individual classe 6 masc
06h15 - individual classe 3 masc
07h15 - individual classe 1-2 fem
08h15 - individual classe 9 masc

22h00 - individual classe 5 masc
22h45 - individual classe 4 fem
23h45 - individual classe 7 masc

29/08
00h45 - individual classe 8 fem
04h00 - individual classe 5 fem
04h45 - individual classe 3 fem
05h45 - individual classe 11 masc
06h45 - individual classe 10 masc

22h00 - individual classe 6 fem
22h45 - individual classe 8 masc
23h45 - individual classe 7 fem

30/08

00h45 - individual classe 1 masc
04h00 - individual classe 2 masc
04h45 - individual classe 4 masc
05h45 - individual classe 9 fem
06h45 - individual classe 10 fem

01/09
22h00 - equipes classes 4-5 masc
23h30 - equipes classes 6-8 fem

02/09
01h00 - equipes classes 1-3 fem
05h00 - equipes classe 8 masc
06h30 - equipes classe 3 masc

22h00 - equipes classes 9-10 fem
23h30 - equipes classes 4-5 fem

03/09

01h00 - equipes classes 6-7 masc
05h00 - equipes classes 1-2 masc
06h30 - equipes classes 9-10 masc

Nenhum comentário:

Postar um comentário