Guia Paralimpíadas Tóquio 2020: Natação - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Guia Paralimpíadas Tóquio 2020: Natação

Compartilhe
Quais são as classes da natação paralímpica

A NATAÇÃO PARALÍMPICA

A natação é disputada nos Jogos Paralímpicos desde sua primeira edição em Roma 1960. Na ocasião, 77 atletas de 15 países diferentes participaram da disputa de 62 provas. Em Tóquio 2020, serão 620 atletas competindo provas de 50 a 400m nos quatro estilos de nado: livre, costas, peito e borboleta. 

Assim como na natação olímpica, na natação paralímpica o objetivo é nadar o mais rápido possível para levar a medalha de ouro. Competem atletas com deficiências físicas, visuais e intelectuais. Nadadores com menor grau de funcionalidade física podem fazer a largada de dentro da água, em vez de saírem do bloco de partida. Além disso, alguns atletas também de um staff para transferi-lo da cadeira para o bloco. No caso dos nadadores com deficiência visual, eles recebem ajuda do tapper que sinaliza para os atletas quando estão chegando próximo da borda para fazerem a virada.

Wendel Belarmino recebe auxílio do seu tapper - Foto: Ale Cabral/CPB
A maior medalhista da história dos Jogos Paralímpicos é uma nadadora. Trischa Zorn, dos Estados Unidos, é dona de 55 medalhas paralímpicas: 41 de ouro, 9 de prata e 5 de bronze. 

Trischa Zorn com as medalhas da Paralimpíada  Barcelona 1992
Trischa Zorn com suas medalhas de Barcelona-1992 - Foto: U.S. Olympic Archives


CLASSIFICAÇÃO


Os atletas são divididos em classes para a disputa das provas. Todas começam com a letra S de swimming (natação em inglês), com os atletas podendo ter classificações diferentes para o nado peito (SB) e para as provas de medley (SM).

As pessoas com deficiências físicas são inseridas nas classes de 1 a 10. Quanto maior o número, maior o grau de funcionalidade. Para a classificação, os atletas passam por testes de forma muscular, mobilidade articular e testes motores realizados dentro da água.

Os atletas com deficiência visual passam por exames oftalmológicos, para serem incluídos em uma das classes. A S11 é para cegos totais e as classes S12 e S13 para pessoas com baixa visão. Já a classe S14 é para nadadores com deficiência intelectual.

Em algumas provas de revezamento, atletas de diferentes classes competem juntos. A prova recebe uma pontuação e cada equipe deve ser composta por quatro atletas sem estourar o limite de pontos. Por exemplo, na final do revezamento 4x100m livre masculino - 34 pontos, o Brasil usou dois atletas S10, um S9 e um S5 para compor a sua equipe.

HISTÓRICO DO BRASIL

A natação é o segundo esporte que mais deu medalhas ao Brasil nos Jogos Paralímpicos, atrás apenas do atletismo. Foram 32 ouros, 34 pratas e 36 bronzes, somando 102 medalhas no total.

Daniel Dias Londres 2012
Daniel Dias nos Jogos Paralímpicos Londres-2012 - Foto: Marcio Rodrigues/CPB
As primeiras medalhas paralímpicas do Brasil na natação vieram nos Jogos de Nova York 1984. Maria Jussara Matos conquistou um ouro e duas pratas e Marcelo Amorim ganhou três pratas e um bronze. Desde então, a delegação brasileira sempre voltou para casa com medalhas na natação.

Os três brasileiros com mais medalhas em Jogos Paralímpicos são atletas da natação. Daniel Dias. Daniel tem 24 medalhas sendo 14 de ouro, 7 de prata e 7 de bronze. Tóquio 2020 será a sua quarta participação nos Jogos Paralímpicos. Clodoaldo Silva e André Brasil têm 14 medalhas. Clodoaldo se aposentou após a Rio 2016. André teve que deixar a natação paralímpica em 2019 após ser considerado inelegível em um processo de reclassificação.

André Brasil Rio 2016
André Brasil na final dos 100m borboleta S10 na Rio-2016 - Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPB
Em Tóquio, o Brasil terá sua maior equipe de natação na história, com 36 atletas (o recorde anterior eram os 34 da Rio 2016).

Clodoaldo Silva acende pira paralímpica Rio 2016
Clodoaldo Silva acendeu a pira paralímpica na abertura da Rio-2016 - Foto: Fernando Maia/MPIX/CPB

BRASILEIROS EM TÓQUIO-2020

Ana Karolina Soares: S14 
Idade: 21
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m costas S14 e 200m medley SM14

Ana Carolina Soares natação paralímpica
Ana Karolina Soares na Seletiva Paralímpica do Brasil - Foto: Ale Sobral/CPB

Andrey Garbe: S9
Idade: 24
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m costas S9

Beatriz Carneiro: S14
Idade: 23
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m peito SB14 e 200m medley SM14

Bruno Becker Silva: S2
Idade: 31
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S3, 200m livre S2 e 50m peito SB2

Caio Amorim: S8
Idade: 28
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m e 400m livre S8

Cecília Jerônimo de Araújo: S8
Idade: 23
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S8, 100m livre S9 e 100m borboleta S8

Daniel Dias: S5
Idade: 33
Participações paralímpicas: 3 (de Pequim-2008 a Rio-2016)
Medalhas: 14 ouros, 7 pratas e 7 bronzes
Provas: 50m, 100m, 200m livre S5, 50m costas S5 e 50m borboleta S5

Débora Carneiro: S14
Idade: 23
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m peito SB14 e 200m medley SM14

Douglas Matera: S13
Idade: 28
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S13, 100m borboleta S13 e 200m medley SM13

Edênia Garcia: S3
Idade: 34
Participações paralímpicas: 4 (de Atenas-2004 a Rio-2016)
Medalhas: 2 pratas (50m costas S4 2004 e 2012) e 1 bronze (50m livre S4 em 2008)
Provas: 50m costas S3 e 100m livre S3

Edênia Garcia Londres 2012
Edênia Garcia na final dos 50m costas em Londres-2012 - Foto: Fernando Maia/CPB

Eric Tobera: S4
Idade: 27
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 50m, 100m e 200m livre S4 e 50m peito SB3

Esthefany Rodrigues: S5
Idade: 22
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m e 200m livre S5, 50m borboleta S5 e 200m medley SM5

Felipe Caltran: S14
Idade: 24
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 200m livre S14

Gabriel Bandeira: S14
Idade: 21
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 200m livre S14, 100m costas S14, 100m borboleta S14, 100m peito SB14 e 200m medley SM14

Gabriel Cristiano Silva Souza: S8
Idade: 26
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S9, 100m livre S8 e 100m borboleta S8

Gabriel dos Santos Araújo: S2
Idade: 19
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 200m livre, 50m e 100m costas S2

Gabriel Melone de Oliveira: S6
Idade: 22
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m livre S6, 100m costas S6 e 50m borboleta S6

Joana Maria da Silva: S5
Idade: 34
Participações paralímpicas: 2 (Londres-2012 e Rio-2016)
Medalhas: 2 pratas e 2 bronzes
Provas: 50m borboleta S5 e 100m livre S5

Joana Maria da Silva Londres 2012
Joana da Silva compete nos 50m livre S5 em Londres-2012 - Foto: CPB/Mpix

João Pedro de Oliveira: S14
Idade: 17
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 100m peito SB14 e 200m medley SM14

José Ronaldo da Silva: S1
Idade: 40
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Prova: 50m e 100m costas S1

Laila Suzigan Abate: S6
Idade: 21
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Prova: 50m livre S6, 100m livre S7 e 400m livre S6

Lucilene da Silva Souza: S12
Idade: 21
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S13, 100m livre S12, 100m borboleta S13 e 100m peito SB12

Maiara Regina Pereira Barreto: S3
Idade: 34
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 0
Provas: 100m livre S3 e 50m costas S3

Maria Carolina Santiago: S12
Idade: 36
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S13, 100m livre S12, 100m costas S12, 100m peito SB12 e 100m borboleta S13

Carol Santiago no Mundial de Natação Paralímpica 2019
Em 2019, no seu primeiro mundial, Carol Santiago foi ouro nos 50m e 100m livre S12 - Foto: Ale Cabral/CPB
Mariana Ribeiro: S9
Idade: 26
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S10, 100m livre S9 e 100m costas S9

Matheus Souza: S6
Idade: 28
Participações paralímpicas: 2 (Londres-2012 e Rio-2016)
Medalhas: 1 bronze (2016)
Provas: 50m e 400m livre S11 e 100m borboleta S11

Patrícia Pereira dos Santos: S4
Idade: 45
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 1 prata
Provas: 50m livre S4 e 50m peito SB3

Phelipe Rodrigues: S10
Idade: 31
Participações paralímpicas: 3 (de Pequim-2008 a Rio-2016)
Medalhas: 5 pratas e 2 bronzes
Provas: 50m e 100m livre S10 e 100m borboleta S10

Phelipe  Andrews Rodrigues
Phelipe Rodrigues com suas 5 medalhas do Mundial de 2017 - Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX

Roberto Alcade Rodrigues: S6
Idade: 29
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 0
Provas: 100m peito SB5 e 200m medley SM6

Ronystony Cordeiro da Silva: S4
Idade: 41
Participações paralímpicas: 2 (Londres-2012 e Rio-2016)
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S4, 50m costas S4 e 50m peito SB3

Ruan Felipe Lima de Souza: S10
Idade: 29
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 1 bronze
Provas: 100m livre S10, 100m peito SB9 e 200m medley SM10

Ruiter Gonçalves Silva: S9
Idade: 28
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 1 prata
Provas: 50m livre S9 e 200m medley SM9

Susana Schnarndorf: S4
Idade: 54
Participações paralímpicas: 2 (Londres 2012 e Rio-2016)
Medalhas: 1 prata
Provas: 50m livre S4, 100m livre S5, 50m costas S4 e 150m medley SM4

Susana Schnarndorf Rio 2016
Susana Schnarndorf na Rio-2016 - Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB

Talison Glock: S6
Idade: 26
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 1 prata e 1 bronze
Provas: 100m e 400m livre S6, 100m costas S6, 50m borboleta S6 e 200m medley SM6

Talison Glock Rio 2016
Talisson Glock na final dos 200m medley S6 na Rio-2016 - Foto: Alexandre Urch/MPIX/CPB
Vanilton do Nascimento Filho: S9
Idade: 28
Participações paralímpicas: 1 (Rio-2016)
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S9 e 100m borboleta S9

Wendell Belarmino Pereira: S11
Idade: 23
Participações paralímpicas: 0
Medalhas: 0
Provas: 50m livre S11, 100m borboleta S11 e 200m medley SM11

DISPUTAS

Homens:
50m livre - S3, S4, S5, S7, S9, S10, S11, S13
100m livre - S4, S5, S6, S8, S10, S12
200m livre - S2, S4, S5, S14
400m livre - S6, S7, S8, S9, S10, S11, S13
50m costas - S1, S2, S3, S4, S5
100m costas - S1, S2, S6, S7, S8, S9, S10, S11, S12, S13, S14
50m borboleta - S5, S6, S7
100m borboleta - S8, S9, S10, S11, S12, S13, S14
50m peito - SB2, SB3
100m peito - SB4, SB5, SB6, SB7, SB8, SB9, SB11, SB12, SB13, SB14
150m medley (costas, peito e crawl) - SM3, SM4
200m medley - SM6, SM7, SM8, SM9, SM10, SM11, SM13, SM14
Revezamentos - 4x100m livre 34 pontos, 4x100m medley 34 pontos

Mulheres:
50m livre - S4, S6, S8, S10, S11, S13
100m livre - S3, S5, S7, S9, S10, S11, S12
200m livre - S5, S14
400m livre - S6, S7, S8, S9, S10, S11, S13
50m costas - S2, S3, S4, S5
100m costas - S2, S6, S7, S8, S9, S10, S11, S12, S13, S14
50m borboleta - S5, S6, S7
100m borboleta - S8, S9, S10, S11, S12, S13, S14
50m peito - SB2, SB3
100m peito -  SB4, SB5, SB6, SB7, SB8, SB9, SB11, SB12, SB13, SB14
150m medley (costas, peito e crawl) - SM4
200m medley - SM5, SM6, SM7, SM8, SM9, SM10, SM11, SM13, SM14
Revezamentos - 4x100m livre 34 pontos, 4x100m medley 34 pontos

Misto:
Revezamentos: 4x100m livre S14, 4x100m livre 49 pontos, 4x50m livre 20 pontos.

CALENDÁRIO

24/08 a 03/09
Eliminatórias: 21h às 23h45 (horário de Brasília)
Finais: 5h às 9h05 (horário de Brasília)

Nenhum comentário:

Postar um comentário