Guia do NBB 2020/21 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia do NBB 2020/21

Compartilhe


 


No dia 10 de novembro começa um novo capítulo no basquete brasileiro. É o início da edição 2020/21 do NBB, principal competição da bola laranja no país. Com a pandemia de Covid-19, esta edição será muito diferente. Sem público e com esquema de sedes como ‘semi-bolhas’ para que o deslocamento das equipes seja menor e a chance de contágio idem, dezesseis equipes vão disputar o título de campeã nacional do Novo Basquete Brasil. Quais são suas apostas?

 

Na dúvida, acompanhe nosso guia de cada clube participante, com os favoritos, quem corre por fora, quem pode surpreender, que vai sofrer nesse campeonato, além de jogadores que prometem ser destaques e revelações que temos que ficar de olho. Leiam, apreciem, favoritem para consultas futuras; ele foi feito muito carinho para todos vocês 😉

 

História

 

Competições nacionais de basquete existem oficialmente desde 1965, com a primeira edição da Taça Brasil, que foi disputada até 1989 e teve como o maior vencedor o Sírio de São Paulo, com 7 títulos. A partir de 1990, foi criado o Campeonato Brasileiro, que durou até 2008, com o Franca sendo o maior campeão com 6 títulos.

 

Em 2008 foi anunciado o NBB – sigla de Novo Basquete Brasil – liga que substituiria o campeonato nacional, por conta da CBB (confederação Brasileira de Basquete) não ter condições de organizar uma competição. A primeira edição disputada foi a 2008/09, e o Flamengo foi o primeiro campeão.

 

Desde então foram 12 edições, com 36 equipes participando ao todo e 6 títulos para o Flamengo, 3 para o Uniceub Brasília, 1 para o Bauru e 1 para o Paulistano. A última temporada foi interrompida em março de 2020 e acabou cancelada após a pandemia de covid-19.

 

Fórmula de disputa

 

As dezesseis equipes se encontrarão em turno e returno na temporada regular, totalizando 30 jogos. As quatro melhores equipes se classificam direto para as quartas de final dos playoffs da liga. Já as equipes classificadas entre 5º e 12º lugares disputam as oitavas de final em cinco jogos com o seguinte chaveamento: 5ºx12º, 6ºx11º, 7ºx10º e 8ºx9º. Quartas, semifinais e final são disputados em melhor de cinco jogos.

 

O campeão e o vice do NBB se classificam para a Champions League das Américas – novo nome da Liga das Américas, principal competição de basquete interclubes do continente. O terceiro, o quarto e quinto lugares se classificam para a Liga Sul-Americana.

 

O jogo das estrelas do NBB é disputado entre fevereiro e março. Já no intervalo entre o primeiro e segundo turno é disputado o Super 8, torneio curto que reúne os 8 melhores colocados do primeiro turno para jogos eliminatórios como seguinte chaveamento: 1ºx8º, 2ºx7º, 3ºx6º e 4ºx5º. O campeão fica com uma vaga para a Champions League das Américas. A sede do torneio costuma ser na sede da equipe que ficou em primeiro lugar no turno, mas por conta dos protocolos de segurança na pandemia de covid-19,  ainda não está confirmado.


'Semi-bolhas'


Por conta da pandemia de covid-19, a LNB - entidade que organiza o NBB - decidiu fazer o primeiro turno localizado em sete sedes, em uma espécie de 'semi-bolhas': Ginásio Maracanãzinho (Rio de Janeiro), Ginásio Antonio Prado Jr. (CA Paulistano), Ginásio do Morumbi (São Paulo FC), Ginásio Prof. Hugo Ramos (Mogi das Cruzes), Ginásio Wlamir Marques (Corinthians), Ginásio Henrique Villaboim (EC Pinheiros) e Ginásio da IESPLAN (Brasília-DF).


O sistema de sedes foi escolhido pelo Conselho de Administração da LNB com objetivo de minimizar os deslocamentos dos clubes e consequentemente diminuir os riscos de contaminação da Covid-19, além de reduzir os custos de logística. Da mesma forma, foi tomada a decisão de realizar as sedes em capitais do Brasil para evitar os longos deslocamentos terrestres para cidades do interior ou cidades que não tenham aeroportos, por exemplo. 


- Confira aqui a tabela de jogos do primeiro turno do NBB 2020/21:


Clique na equipe desejada abaixo para ver a previsão dela nesta temporada:

Nenhum comentário:

Postar um comentário