Guia do NBB 2020/21 - Campo Mourão - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia do NBB 2020/21 - Campo Mourão

Compartilhe



Participações no NBB – 2

Melhor colocação – 10º lugar em 2016/17

Na temporada 2019/2020 – Não disputou

Elenco

Armadores: #1 Rapha 1,73m 20 anos / #3 Matt Frierson (USA) 1,90m 23 anos / #4 Stefano Pierotti (ARG) 1,85m 22 anos / #6 Lucas Brito 1,87m 23 anos

Alas:  #10 Luiz Muller 1,90m 26 anos / #26 Wander Brock 1,90m 18 anos / #55 Anton Cook (USA) 1,90m 25 anos / #8 Castellon 1,91m 34 anos / #11 Luizinho 1,96m 27 anos / # Anthony Harris (USA) 1,98m 23 anos

Pivôs: #19 Guilherme Magna 2,01m 22 anos / #25 Pajé 2,01m 29 anos / #84 Bertolin 2,07m 35 anos / #31 Lucão 2,11m 26 anos / #40 Tom 2,04m 27 anos / #14 Wesley 2,00m 25 anos / #21 Pezão 2,03m 27 anos


Provável quinteto titular 


Destaque – Anton Cook: Pontuador e versátil – podendo jogar nas posições 1,2 e 3 – Cook deverá ser 'o cara' do Campo Mourão. Com experiência no basquete brasileiro pois já jogou na Liga Sorocabana e no Joinville, ele não deverá precisar de um período de adaptação para ser o principal jogador da equipe, que precisará muito dos seus pontos de todos os pontos da área pintada


O gringo – Stefano: O armador argentino terá a grande chance de brilhar na sua carreira no Campo Mourão. Mais jovem estrangeiro a jogar no NBB na história, aos 17 anos em 2015 pelo Bauru, Stefano tem a experiência necessária para comandar as jogadas da equipe e isso já aos 22 anos. É outro jogador que suas atuações serão fundamentais para o sucesso do Campo Mourão na Liga.


Fique de olho – Matt Frierson: O jovem americano saiu do basquete universitário direto para o basquete brasileiro. Sua principal jogada é a bola de 3 pontos e segundo o técnico Emerson de Souza, ele tem empolgado muito nos treinamentos. Quem sabe tá surgindo um novo Robert Day por aí?



Técnico – Emerson de Souza: Técnico e coordenador do projeto do Campo Mourão, Emerson tem em mãos uma equipe jovem e a sua expectativa é surpreender o maior número possíveis de adversários. Se seus estrangeiros brilharem e os alguns dos jovens brasileiros despontarem, ele poderá sorrir durante a temporada e sonhar com os playoffs


Após não conseguir disputar a edição 2018/19 e 2019/20 do NBB, o Campo Mourão se planejou, conseguindo bons patrocinadores – incluindo um master, o mais importante - e foi uma das equipes escolhidas a participar da edição 2020/2021. Apesar dos patrocínios ajudarem, não deu para a equipe trazer nenhum reforço top de linha e a equipe paranaense estudou minuciosamente seus reforços e apostou em jovens com potencial para explodir nessa temporada. Até os reforços estrangeiros – os americanos Matt Frierson, Anton Cook, Anthony Harris e o argentino Stefano Pierotti - são jovens jogadores em busca de espaço para brilhar. 


Ao lado deles, nomes como Guilherme Magna, Rafa e Lucão querem mostrar serviço. Mas em um campeonato disputado e sem o fator casa para ajudar – pelo menos no primeiro turno – O Campo Mourão deverá passar um pouco de dificuldades na competição. Após a volta ao NBB após dois anos, ele agora pretende buscar fazer uma participação digna com esses jovens, que com muita correria e disposição podem surpreender algumas equipes durante competição.


Previsão: Apesar das chances de surpreender algumas equipes,  o objetivo do Campo Mourão nesse campeonato é brigar por playoffs e fugir da parte de baixo da tabela. 


fotos: Divulgação/LNB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário