Resumão Tóquio 2020 - Dia 14 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Resumão Tóquio 2020 - Dia 14

Compartilhe

      






Nas disputas da marcha atlética, Dawid Tomala (POL) conquistou a medalha de ouro na prova dos 50km masculina.  Já nos 20km feminino, a italiana Antonella Palmisano conquistou o título, na prova em que Erica Sena brigava pelo bronze, mas uma punição quilômetro final fez a brasileira cair para décima primeira colocação.

Nos revezamentos 4x100m, a Itália surpreendeu no masculino e levou o ouro. No feminino, a Jamaica venceu. Nos 400m rasos, Shaunae Muller-Uibo de Bahamas dominou a prova e ficou com o ouro. Faith Kipyegon do Quênia levou o ouro nos 1500m enquanto o ugandense Joshua Chepteguei ficou com o título olímpico nos 5000 metros. No lançamento de dardo feminino, chinesa Liu Shying ficou com o ouro. 





Os Estados Unidos confirmou o favoritismo e vai em busca do heptacampeonato olímpico. As estadunidenses derrotaram a Sérvia por 79 a 59 e vão pegar na decisão a sensação do campeonato, o Japão, que venceu a França por 87 a 71. 




O cubano Julio la Cruz venceu o russo Muslim Gadzhimagomedov nesta sexta-feira (06) e conquistou o ouro na categoria até 91kg, peso pesado. A vitória foi por decisão unânime. Também foram definidas as finais dos 63kg masculino - Andy Cruz (CUB) x Keyshawn Davis (USA) - e 75kg feminino - Lauren Price (GBR) x Li Qian (CHN)
 

Isaquias Queiroz venceu com tranquilidade a eliminatória do C1 1000m da canoagem velocidade e avançou direto para a semifinal da prova, que será realizada na sexta, às 21h40. Seu companheiro de equipe Jacky Godmann foi eliminado nas quartas de final.




Mais 3 medalhas de ouro foram distribuídas no caratê - Kiyuna Ryo (JPN) venceu no Katá masculino, Jovana Prekovic (SRB) e Luigi Busa (ITA) foram campeões no kumitê até 61kg feminino e 75kg masculino, respectivamente 



História feita no velódromo de Izu. Pela primeira vez, foi realizada a disputa feminina do Madison em Jogos Olímpicos. A vitória ficou com a dupla da Grã-Bretanha formada por Laura Kenny e Katie Archibald. Com o ouro, Kenny ainda se tornou a mulher com mais medalhas olímpicas na história do ciclismo de pista com cinco ouros e um bronze.

No sprint masculino, Os Países Baixos fizeram uma dobradinha com Harrie Lavreysen levando o ouro e Jeffrey Hoogland com a prata. Bronze para o britânico Jack Carlin.



Janja Garnbret (SLO) se tornou a primeira campeã olímpica feminina da escalada esportiva. Ela superou as japonesas Nonaka Miho e Noguchi Akiyo, prata e bronze respectivamente. 



A Seleção de futebol feminino do Canadá se sagrou campeã olímpica após superar a Suécia nos pênaltis por 3 a 2, após empate por 1 a1 no tempo normal. é o primeiro título olímpico do Canadá na modalidade.

No futebol masculino, o México venceu o Japão por 3 a 1 e ficou com o bronze.


 
Nelly Korda continua na liderança do campeonato feminino após a terceira e penúltima rodada. Adithi Ashok (IND) está em segundo e empatadas na terceira colocação, estão as golfistas Lydia Ko (NZL), Hannah Green (AUS), Emily Pedersen (DEN) e Iname Mone (JPN)




França e Comitê Olímpico Russo vão reeditar a final da Rio 2016 no handebol feminino. Na primeira semifinal as francesas derrotaram a Suécia por 29 a 27 e na segunda partida, as russas derrotaram a Noruega por 27 a 26.


Com um susto na passagem de Rodrigo Pessoa, o Brasil avançou nesta sexta-feira (6) para as finais dos saltos no hipismo. O cavalo de Rodrigo, o Carlito's Way 6, o brasileiro cometeu faltas e teve até um refugo. Mas o Brasil avançou para a final em oitavo lugar. A Suécia foi a primeira colocada, com nenhum ponto de penalização por parte dos conjuntos. Bélgica (4 pontos) e Alemanha (4 pontos) completam o top 3.


Os Países Baixos mostraram que continuam a dominar o hóquei na grama feminino, após vencerem a Argentina por 3 a 1, voltando ao alto do pódio após 9 anos. Campeã olímpica na última edição dos Jogos Olímpicos, a Grã Bretanha conquistou o bronze ao vencer a Índia por 4 a 3




Sem surpresas no nado artístico, a Rússia lidera a competição por equipes após rotina técnica, seguida por China e Ucrânia. A Rotina livre definirá a equipe campeã olímpica.


Kate French (GBR) conquistou o ouro no pentatlo moderno feminino. Com direito a recorde olímpico, a britânica marcou 1.385 pontos. A lituana Laura Asadauskaite ficou com a prata, enquanto a húngara Sarolta Kovacs foi bronze. Abandonando duas provas, a brasileira Ieda Guimarães ficou na última colocação.


 

Sérvia e Grécia farão a decisão do torneio masculino de polo aquático. Os sérvios conseguiram uma vitória dramática por 10 a 9 em cima da Espanha para chegar a final enquanto a Grécia derrotou a Hungria por 9 a 6. 



Kawan Pereira avançou para a semifinal da plataforma de 10m masculina. O atleta ficou em 17° se classificando para a próxima fase. Isaac Souza, outro representante do Brasil na disputa ficou em 20° lugar e está eliminado.







Brasileiras e estadunidenses vão para a terceira disputa de ouro no vôlei feminino. As duas primeiras foram ganhas pelo Brasil em 2008 e 2012.



As estadunidenses April Ross e Alix Klineman derrotaram as australianas Mariafe Artacho del Solar/Taliqua Clancy e conquistaram o ouro no torneio feminino de vôlei de praia, retomando a hegemonia dos EStados unidos no vôlei de praia feminino.  As suíças Anouk Vergé-Derpé/Joana Heidrich derrotaram as letãs Tina Graudina/Anastasija Kravcenoka e faturaram a medalha de bronze.



Mukaida Mayu (JPN) na categoria livre 53kg, Gable Steveson (USA) na categoria livre até 125kg e Zaurdek Sidakov (ROC) na categoria livre 74kg levaram os ouros em disputa no penúltimo dia do wrestling em Tóquio.


Confira o quadro de medalhas após 14 dias de competições. 









Nenhum comentário:

Postar um comentário