April/Alix derrotam australianas e conquistam o sétimo ouro olímpico dos EUA no vôlei de praia - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

April/Alix derrotam australianas e conquistam o sétimo ouro olímpico dos EUA no vôlei de praia

Compartilhe
April Ross conquistou sua terceira medalha olímpica (Foto: Pilar Olivares/REUTERS)

As norte-americanas April Ross e Alix Klineman derrotaram nesta sexta-feira (06) as australianas Mariafe Artacho del Solar/Taliqua Clancy e conquistaram o ouro no torneio feminino de vôlei de praia em Tóquio-2020. A partida disputada no Shiozake Park foi encerrada em dois sets, que tiveram parciais de 21-15 e 21-16, em 43 minutos.

Com um saque muito eficiente, April/Ross foram impuseram seu ritmo desde o início e foram superiores durante toda a partida. As norte-americanas marcaram sete aces, sendo quatro de Ross. Os erros não-forçados das australianas também contaram muito em favor da dupla estadunidense, principalmente no primeiro set, que foi vencido por 21-15.

A segunda parcial parecia ser ainda mais tranquila para April/Alix. Elas anotaram dez pontos seguidos e abriram 10-2 logo no começo, numa passagem praticamente perfeita de April Ross, mas Artacho del Solar/Clancy reagiram e chegaram a cortar a diferença para três pontos. Apesar dos sustos, as norte-americanas conseguiram manter o foco na reta final, voltaram a abrir e fecharam em 21-16.

Este é o sétimo ouro olímpico dos Estados Unidos no vôlei de praia, o quarto das mulheres. Kerri Walsh foi a responsável pelas três conquistas femininas anteriores, vencendo de forma consecutiva entre 2004 e 2012. Esta é, também, a terceira medalha de April Ross, que foi prata em Londres-2012 (ao lado de Jennifer Kessy) e bronze na Rio-2016 (ao lado de Walsh), e a primeira de Alix Klineman.

Já Artacho del Solar - que tem origem peruana - e Clancy entraram para a história ao faturar a terceira medalha olímpica da Austrália no vôlei de praia, a primeira de prata. Natalie Cook/Kerri Pottharst foram as responsáveis pelas duas conquistas anteriores: um ouro em Sydney-2000, batendo as brasileiras Shelda Bede/Adriana Behar na final, e um bronze em Atlanta-1996.

Vergé-Dépré/Heidrich derrotam Graudina/Kravcenoka e conquistam o bronze

Heidrich/Vergé-Depré deixaram as brasileiras Ana Patrícia/Rebecca pelo caminho nas quartas (Foto: John Sibley/REUTERS)

Pouco antes da final, foi disputada a decisão do terceiro lugar. As suíças Anouk Vergé-Derpé/Joana Heidrich derrotaram as letãs Tina Graudina/Anastasija Kravcenoka por 2 sets a 0 (21-19 e 21-14) e faturaram a medalha de bronze. A dupla funcionou muito bem e teve o controle de toda a partida, em especial no segundo set, com muitos erros das letãs. Heidrich anotou 12 pontos, sendo três de bloqueio.

Esta é a primeira medalha olímpica do vôlei de praia feminino da Suíça. O país já tinha conquistado um bronze no torneio masculino, com Patrick Heuscher/Stefan Kobel em Atenas-2004. A Letônia ainda tem chances de faturar um bronze em Tóquio. Plavins/Tocs, responsáveis pela eliminação das duas duplas brasileiras no torneio, vão disputar o terceiro lugar da chave masculina neste sábado, enfrentando Cherif/Ahmed, do Catar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário