Britânica Kate French vence pentatlo moderno em Tóquio; Ieda Guimarães abandona - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Britânica Kate French vence pentatlo moderno em Tóquio; Ieda Guimarães abandona

Compartilhe
Kate French na linha de chegada (Foto: Ivan Alvarado/REUTERS)
A britânica Kate French conquistou nesta sexta-feira (06) o ouro no pentatlo moderno feminino da Olimpíada de Tóquio. Com direito a recorde olímpico, ela marcou 1.385 pontos na competição disputada no Estádio de Tóquio. A lituana Laura Asadauskaite ficou com a prata e a húngara Sarolta Kovacs foi bronze. Abandonando duas provas, a brasileira Ieda Guimarães ficou na última colocação.

Kate anotou 221 pontos na esgrima, sendo 220 pela fase de ranqueamento, realizada um dia antes, e mais um de bônus. Na segunda parte, ela nadou os 200m livre para 2:10.18, ficando com o oitavo melhor tempo no geral e adicionando mais 290 pontos a sua classificação. O hipismo foi sua melhor prova, marcando 294 pontos.

Com 805 pontos ao final das três disciplinas, a britânica largou na quinta colocação no laser-run, 15 segundos atrás da russa Uliana Batashova, líder até então. Com disparos eficientes, French conseguiu cortar a diferença logo na primeira volta da corrida e abriu larga vantagem nas parciais seguintes - chegou a ser de 50 segundos - para sagrar-se a segunda britânica campeã olímpica no pentatlo moderno.

A medalhista de prata foi a lituana Laura Asadauskaite, que fez uma parte final de prova espetacular. Ela saiu da 13ª colocação no início da laser-run, a 52 segundos atrás da líder, e conseguiu terminar na segunda posição, a apenas 15 segundos da britânica. Asadauskaite anotou 11:38.37 no laser-run, tempo que é novo recorde olímpico.

Brasileira Ieda Guimarães foi a penúltima a largar no laser-run (Foto: Miriam Jeske/COB)
Asadauskaite tornou-se a primeira mulher medalhista em duas edições olímpicas distintas no pentatlo moderno - foi campeã em Londres-2012, quando a brasileira Yane Marques foi bronze. A modalidade é disputada no naipe feminino apenas desde Sydney-2000. Asadauskaite também conquistou a primeira medalha da Lituânia na Olimpíada de Tóquio.


Ieda Guimarães termina na última colocação

Única representante do Brasil na Olimpíada, Ieda Guimarães não teve um bom dia e acabou na 36ª e última colocação. A jovem de 20 anos encerrou o primeiro dia de disputas em 30º, após vencer 14 jogos na esgrima, mas caiu muito de rendimento neste sábado. A brasileira marcou o pior tempo na natação e caiu duas vezes no hipismo, além de não terminar sua corrida no laser-run.

Ieda Guimarães garantiu vaga na Olimpíada de Tóquio após ter sido quarta colocada no Pan de Lima (Foto: Miriam Jeske/COB)
Ieda terminou sua participação na primeira Olimpíada com apenas 430 pontos, sendo 184 da esgrima e 246 da natação. Ela nadou os 200m livre em piscina curta para 2:32.16, mais de dois segundos acima de seu recorde pessoal. A brasileira ainda competiu na rodada bônus da esgrima, mas perdeu um combate para a mexicana Mariana Arceo

No hipismo, que é considerada sua melhor prova, Ieda não conseguiu ter controle sobre o cavalo, que refugou duas vezes e a fez cair. Já na última prova, largando a mais de 6 minutos atrás da líder, ela virou retardatária mesmo com poucos metros de corrida e optou por desistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário