Guia da Superliga Masculina de Vôlei 2020/21 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!


COMEÇOU, BRASIL! Eu sei que vocês estavam ansiosos, assim como nós, para o início da Superliga Banco do Brasil Masculina 2020/21, a maior competição de voleibol do país. É o grande momento das equipes mostrarem toda sua garra pelas vitórias e colocarem em prática tudo o que sabem e treinaram durante esses momentos tão complicados.

A Superliga começou no último sábado (31/10) e irá até o mês de maio. A competição promete trazer fortes emoções, especialmente neste ano pré-olímpico, em que os atletas precisam se doar ao máximo para convencerem o técnico Renan Dal Zotto que merecem um lugar no elenco da Seleção Brasileira que disputará os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. 

Ao todo, 12 equipes lutarão pelo caneco. São elas: Sada/Cruzeiro (MG), EMS/Taubaté/Funvic (SP), Sesi (SP), Vôlei Renata/Campinas (SP), Fiat/Minas Tênis Clube (MG), Pacaembu/Ribeirão (SP), Vôlei UM Itapetininga (SP), Montes Claros/América Vôlei (MG), APAN/Eleva/Blumenau (SC), Caramuru Vôlei (PR), Vedacit/Vôlei Guarulhos (SP) e Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG).

Entre as equipes participantes na temporada 2020/21, destaque para o estado de Minas Gerais, que volta a ter quatro times na elite depois de duas temporadas. Por outro lado, o Rio de Janeiro, que desde a temporada 2016/17 tinha um representante na competição masculina, não terá nenhum time nesta edição, após o fim do projeto do Sesc-RJ.

Desde a criação da competição, na temporada 1994/95, apenas cinco estados tiveram representantes campeões: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Só em Minas são dez títulos, incluindo os seis canecos do Sada/Cruzeiro, recordista de títulos na competição. O Minas Tênis Clube ganhou as outras quatro vezes.

É sempre bom lembrar que a última temporada foi encerrada precocemente e sem um campeão definido na Superliga por conta da pandemia do Covid-19. Como o coronavírus ainda afeta todas as esferas da sociedade do país, incluindo o esporte, as partidas da Superliga 2020/21 terão portões fechados pelo menos até o mês de dezembro. Porém, mesmo longe das quadras, você poderá acompanhar todas as partidas da competição pelas transmissões do SporTV2 e do Canal Vôlei Brasil.

Bom, quer saber mais sobre o campeonato? O Surto Olímpico preparou um mega guia da competição, com informações sobre todas as equipes para vocês desfrutarem e conhecerem melhor os times que irão brigar pelo título nacional. Ah, e temos uma baita surpresa para vocês: figurinhas dos atletas de todos os times, para você não perder nenhum detalhe!

Os links para as informações de cada equipe estão abaixo. Fique à vontade para navegar por cada uma delas. No mais, assim nasce o Guia da Superliga Masculina 2020/21, produzido com muito carinho pelo Surto Olímpico!

Ps.: O Guia da Superliga Feminina também vem aí!

Redação: Danilo Goes e Luís Fellipe Borges
Arte: Luís Fellipe Borges
Foto de capa: Gaspar Nóbrega/Inovafoto













Surte com a gente em nossas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e YouTube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário