Guia da Superliga Masculina de Vôlei 2020/21 - Fiat/Minas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia da Superliga Masculina de Vôlei 2020/21 - Fiat/Minas

Compartilhe

Uma das equipes mais tradicionais do voleibol no país, o Fiat/Minas Tênis Clube tem nove títulos brasileiros (quatro deles no formato da Superliga) e três taças sul-americanas. Além disso, grandes ídolos do esporte nacional já defenderam as cores da equipe, como Giba, Dante, Maurício e Giovane.

Apesar da tradição, a última conquista de Superliga do time belorizontino foi na temporada 2006/2007, quando era comandado por Mauro Grasso. Na sequência, a equipe ainda chegou à final nas temporadas de 2007/2008 e 2008/2009 - perdendo ambas para o Florianópolis - mas, desde então, não voltou à decisão do torneio.

Na busca para quebrar o jejum, o Minas Tênis Clube trouxe um grande reforço para seu plantel: o levantador William Arjona (ex-Sesi-SP), campeão olímpico na Rio 2016 e detentor de cinco títulos da Superliga. Além do “Mago”, o time terá o retorno do oposto cubano Escobar, de 32 anos, que defendeu o clube mineiro entre 2014 e 2016. O jogador chega para substituir Felipe Roque, que foi para Taubaté, e Davy, transferido para o voleibol alemão.

Junto aos reforços, a equipe do técnico Nery Tambeiro contará com os jovens jogadores que formaram a base da equipe nas últimas temporadas: os ponteiros Honorato e Lazo, o central Matheus Pinta e o líbero Maique se destacam nesse quesito. 

Com a diminuição dos investimentos no Sesi-SP e a extinção do Sesc-RJ, o Minas Tênis Clube se posiciona, junto a Campinas, como o principal candidato a incomodar os favoritos Cruzeiro e Taubaté em todas as competições. O início de temporada já foi promissor: o time foi vice-campeão mineiro e semifinalista no Troféu Super Vôlei. 

Apostando na mescla entre experiência e juventude, o tradicional Minas não pode ter sua força questionada.

Elenco














Técnico: Nery Tambeiro

Acostumado a trabalhar com jovens, Nery Tambeiro foi treinador das categorias de base do Fluminense e assistente na Unisul, no Sesi-SP, Montes Claros, no vôlei russo, entre outros, além de ter atuado na praia. Em 2014, assumiu o comando do time masculino do Minas, onde está até hoje. Desde 2019, faz parte da comissão técnica da Seleção Brasileira sub-21.

(Foto: Orlando Bento/MTC)

Surte + Volte para a página central do Guia

Foto de capa: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário