Guia da Superliga Masculina de Vôlei 2020/21 - Azulim/Gabarito/Uberlândia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia da Superliga Masculina de Vôlei 2020/21 - Azulim/Gabarito/Uberlândia

Compartilhe

Se o Dentil/Praia Clube já está consolidado entre as grandes potências no vôlei feminino, a cidade de Uberlândia agora terá mais uma equipe para torcer na Superliga. O Azulim/Gabarito/Uberlândia estava na vice-liderança da última temporada da Superliga B masculina até a paralisação por conta da pandemia de Covid-19. A colocação garantiu ao time do interior de Minas Gerais a chance de estrear na divisão de elite do voleibol nacional em 2020.

Comandado pelo experiente treinador Manoel Honorato - que é pai do ponteiro Henrique Honorato, do FIAT/Minas -, o Uberlândia traz um elenco recheado de novos nomes e de jovens promessas. A equipe renovou com o ponteiro Matheus Silva, o central Luiz Philippe e o líbero Luiz Antônio, que disputaram a Superliga B pelo time mineiro na última temporada.

Esses jogadores terão dura concorrência dos muitos reforços trazidos pelo Uberlândia. Entre os contratados, estão os opostos Daniel Bala (ex-Sesi-SP) e Gabriel Armanelli (ex-América Vôlei); os ponteiros Arthur Nath (ex-Sesc-RJ) e Luan Mota (estava na Arábia Saudita); os levantadores Matheus Brasília (ex-Sesi-SP) e Bernardo Westermann (ex-Fiat/Minas); os centrais Lucas Salles (ex-Ponta Grossa) e Rômulo (ex-Denk/Maringá); e o líbero Pureza (ex-Sesi-SP).

Apesar da juventude de seus jogadores, o Uberlândia mostrou consistência ao terminar o Campeonato Mineiro de 2020 na terceira colocação, superando o Montes Claros/América na decisão do bronze. Antes, nas semifinais, a equipe já havia feito jogo duro contra o multicampeão Sada/Cruzeiro, perdendo apenas no tie-break.

Novidade na Superliga, o Azulim/Gabarito/Uberlândia aposta na aplicação tática para surpreender e provar que qualquer bom resultado não é apenas sorte de principiante.

Elenco:






Técnico: Manoel Honorato


Manoel Honorato se mudou da Paraíba para Uberlândia em meados da década de 1990. Junto com ele, levou o projeto Academia do Vôlei, que revelou vários talentos para o voleibol brasileiro, incluindo o próprio filho de Manoel: Henrique Honorato, medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2019 com a seleção brasileira e atualmente no FIAT/ Minas. O projeto da Academia evoluiu e, sob a batuta de Honorato, disputou as Superligas C e B até chegar à elite, com o nome Azulim/Gabarito/Uberlândia.

(Foto: Divulgação via Web Vôlei)

Surte + Volte para a página central do Guia

Foto de capa: Alex Sezko/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário