Confira os adversários nas estreias dos tenistas brasileiros no US Open 2021 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Confira os adversários nas estreias dos tenistas brasileiros no US Open 2021

Compartilhe
Montagem com a fotos dos cinco representantes do tênis brasileiro no US Open: Thigo Monteiro, Bruno Soares, Luisa Stefani, Marcelo Melo e Marcelo Demoliner

Cinco tenistas brasileiros disputam o US Open 2021, último Grand Slam da temporada, realizado em Nova York. Thiago Monteiro é o único representante na chave de simples, enquanto Luisa Stefani lidera a lista de duplistas do nosso país, que conta ainda com Bruno Soares, Marcelo Demoliner, Marcelo Melo e, novamente, Thiago Monteiro.

Simples

Thiago Monteiro entra mais uma vez em um torneio Grand Slam, com a árdua tarefa de ser o único representante brasileiro na chave de simples. Nomes como João Menezes, Felipe Meligeni e Bia Haddad Maia não passaram sobreviveram ao torneio qualificatório e ficaram fora do Major.

O tenista cearense de 27 anos fará sua estreia no US Open diante o britânico Daniel Evans, cabeça de chave número 24 do torneio (nesta segunda-feira, 30, às 12h, quadra 10). Eles se enfrentaram duas vezes em 2017 (piso duro e saibro), com duas vitórias para Evans.


Duplas

Nenhuma dupla é 100% brasileira, portanto, todos os tenistas do nosso país contam com parceiros estrangeiros. Confira abaixo cada uma das duplas e seus respectivos confrontos da 1ª rodada.

Luisa Stefani [17ª] e Gabriela Dabrowski [11ª] (Canadá): uma das principais duplas do momento, a parceria chegou em três finais seguidas no mês de agosto. Elas foram campeãs no WTA 1000 de Montreal e ficaram com o vice-campeonato no WTA 1000 de Cincinnati e no WTA 500 de San Jose.

A dupla chega com moral elevada ao último Grand Slam do ano e estão entre algumas das favoritas ao título (são cabeças de chave 5 do torneio). Ainda vale lembrar, que Luisa Stefani vem da conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 (com Laura Pigossi).

Estreiam contra: Viktorija Golubic (SUI) e Tamara Zidansek (SLO)



Bruno Soares [11º] e Jamie Murray [22º] (Grã-Bretanha): Campeões do US Open em 2016, a dupla chega como uma incógnita na atual edição do Major estadunidense. Isso porque Bruno Soares não joga tênis desde o torneio de Wimbledon. Ele tinha vaga garantida aos Jogos Olímpicos de Tóquio, mas precisou desistir para ser submetido a uma cirurgia de apendicite.

Recuperado, o tenista mineiro que venceu o US Open em 2020 com outro parceiro (o croata Mate Pavic), fará seu retorno ao tênis justamente em Flushing Meadows. Bruno Soares e Jamie Murray são cabeças de chave 7 no US Open 2021.

Estreiam contra: Tommy Paul (USA) e Alexei Popyrin (AUS)



Marcelo Demoliner [51º] e Marcus Daniell [43º] (Nova Zelândia): Finalistas de quatro ATPs 250 entre 2016 e 2017, a dupla decidiu retomar a parceria que havia rendido bons frutos no passado. Apesar de não estarem entre os favoritos ao título, podem surpreender com uma boa campanha e contam com grande experiência e sintonia para bater duplas de ranking superior.

Estreiam contra: Daniel Evans (GBR) e Lloyd Glasspool (GBR)



Marcelo Melo [20º] e Lukasz Kubot [19º] (Polônia): Campeã de Wimbledon em 2017 e dona de outros 14 títulos, a parceria não está rendendo como nos últimos anos. Mas não se engane, uma dupla forte e com histórico extremamente positivo como Melo e Kubot, pode surpreender e fazer uma boa campanha, mesmo que a fase não seja das melhores. 

Vale lembrar ainda, que Melo e Kubot foram vice-campeões do US Open de 2018, perdendo a final contra Bob e Mike Bryan. 

Estreiam contra: Evan King (USA) e Hunter Reese (USA)



Thiago Monteiro [176º] e John Millman [222º] (Austrália): Consistente na disputa de Majors nas duplas em 2021, a parceria não está nem de perto entre os favoritos. Porém, com boas vitórias, Monteiro e Millman podem embalar uma campanha interessante, assim como fizeram no Australian Open desta temporada, onde caíram apenas na terceira rodada, diante os croatas Mate Pavic e Nicola Mektic.

Estreiam contra: Alex De Minaur (AUS) e Matt Reid (AUS)


Confira abaixo mais uma edição do Surto Prévia, com Daniel Barbosa e Lucas Bueno, que comentaram as chaves do US Open 2021



Foto: Montagem/Surto Olímpico

Nenhum comentário:

Postar um comentário