Bia Haddad estreia no W25 de Porto contra Gabriela Cé, melhor brasileira na WTA; Teliana Pereira anuncia aposentadoria - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bia Haddad estreia no W25 de Porto contra Gabriela Cé, melhor brasileira na WTA; Teliana Pereira anuncia aposentadoria

Compartilhe
Beatriz Haddad maia Ingrid Gamarra Martins brasil


Um dia depois de vencer Ingrid Gamarra Martins na final do W15 de Porto e conquistar seu terceiro título em quatro finais na gira de ITFs em Portugal, Beatriz Haddad Maia conheceu a chave do torneio mais forte que irá disputar desde seu retorno, o W25 de Porto. E mais uma vez ela enfrentará uma compatriota, desta vez Gabriela Cé, a tenista brasileira com maior ranking da WTA no momento.


Ex-58ª melhor do mundo, mas atual 439ª do ranking depois de saltar 900 colocações em três semanas, Beatriz Haddad estreia contra Cé, que ocupa a 235ª colocação. No momento, Bia é apenas a 6ª melhor brasileira no ranking da WTA, mas uma vaga na final deverá lhe dar o segundo posto, atrás apenas de Cé.



Atualmente esta posição é de Teliana Pereira, dona de dois títulos da WTA e representante brasileira nos Jogos Olímpicos de 2016, que anunciou sua aposentadoria na manhã desta segunda-feira (28) em um podcast do ge.com. A última partida de Teliana foi contra Laura Siegemund na Fed Cup em fevereiro, quando o Brasil foi derrotado pela Alemanha. O anúncio de Teliana dominou as notícias do tênis brasileiro nesta segunda-feira. 



 


Bia Haddad e Gabriela Cé jogam na quarta-feira. A vencedora provavelmente enfrenta a indiana Ankita Raina (177ª), melhor indiana no ranking da WTA, e cabeça-de-chave 3 do torneio que estreia contra uma das seis tenistas vindas do quali. Passando para as quartas, Bia ou Cé podem pegar a turca Pemra Ozgen (209ª), cabeça 8 do torneio que também estreia no quali.


Elas estão no segundo quadrante e podem enfrentar a suíça Leonie Kung (145ª) na semi, cabeça 1 do torneio, que estreia diante da portuguesa Inês Murta (614ª).  A vencedora deste confronto pode pegar a brasileira Ingrid Gamarra Martins na segunda rodada. Ingrid estreia contra uma jogadora vinda do torneio classificatório.


Nesta segunda-feira, Ingrid apareceu em 517º no ranking, melhor colocação de sua carreira. Na próxima lista, a ser divulgada em 12 de outubro, ela aparecerá no mínimo em 506º lugar, devido aos pontos da final alcançada no W15 de Porto. Uma vitória na primeira rodada garantirá um salto de aproximadamente 20 colocações para Ingrid e a vaga inédita no top500.


Outras duas brasileiras tentam uma vaga na chave principal ainda nesta terça-feira (29). Carolina Meligeni Rodrigues Alves (398ª) venceu a britânica Emily Arbuthnott (958ª) por 2 sets a 0 (6-2 e 6-1) e a japonesa Yuriko Lily Miyazaki (348ª), cabeça 8 também por sets diretos (6-4 e 6-3) e enfrenta a britânica Kathy Dunne (328ª), cabeça 5 do quali, às 8h30, em horário de Brasília. 


Prova da força da lista de presença n W25 de Porto em relação à chave da semana passada, Dunne era a principal favorita da chave principal no W15 e foi derrotada pela brasileira Bia Haddad Maia nas quartas de final.


Laura Pigossi (407ª) surpreendeu a italiana Bianca Turati (321ª), cabeça 4, com virada no match tie-break (2-6, 6-3, 10-6) e conquistou outra virada com direito a pneu diante da russa Viktoria Morvayova (542ª), por 6-7[0], 6-0 e 10-3. Ela disputa uma vaga contra a búlgara Gergana Topalova (481ª) às 7h, horário de Brasília.


Rebeca Pereira (1036ª) ficou na primeira rodada do quali, perdendo para a britânica Amanda Carreras (336ª), cabeça 6, em sets diretos, com parciais de 6-4 e 6-3. 



Beatriz Haddad Maia e Ingrid Martins voltam a jogar juntas três semanas depois do título de duplas

Fora a chave de simples, Rebeca Pereira concentra suas atenções na chave de duplas. Ela e Barbara Gatica já estreiam nesta terça feira diante da parceira japonesa formada por Chihiro Muramatsu e Ramu Ueda em horário e quadra a definir, provavelmente no fim da tarde.


Vencendo, elas podem enfrentar Gabriela Cé, que joga ao lado da ucraniana Valeriya Strakhova e desafia já na primeira rodada a eslovaca Tereza Milhalikova e a indiana Ankita Raina, cabeça de chave número 1 da chave de duplas. A partida começa não antes das 10h30.


Também na parte superior da chave, mas no segundo quadrante, Carolina Meligeni Rodrigues Alves e a espanhola Nuria Parrizas-Diaz enfrentam a sérvia Jovana Jovic e a chinesa Xiaodi You na primeira rodada. O jogo será um dos últimos a iniciar, sem horário definido. Ao lado e outra espanhola, Carol Meligeni foi campeã do W15 de Porto nesta última semana.


A única dupla 100% brasileira é formada por Beatriz Haddad Maia e Ingrid Gamarra Martins que estreiam diante das suíças Susan Bandecchi e Ylena In-Albon não antes das 10h30 e em caso de vitória enfrentam ou as britânicas Sarah Beth Grey e Samantha Murray Sharan, cabeças 2, ou a espanhola Olga Parres Azcoitia e a portuguesa Francisca Jorge, campeães no ITF W15 de Santarém há nove dias. Bia Haddad e Ingrid Martins não só disputaram a final de simples neste domingo no Aberto do Porto, mas venceram o W25+H de Figueira da Foz há duas semanas.



Torneio também recebe Future de Porto 

A segunda semana do Aberto do Porto incluirá a disputa de um Future masculino nas mesmas quadras do Complexo Desportivo Monte Aventino. Oscar José Gutierrez (389º) é o único brasileiro assegurado na chave principal do torneio ITF M25 e estreia contra um jogador vindo do qualificatório, podendo enfrentar o principal cabeça do torneio Hiroki Moriya (244º), do Japão.


Outros dois brasileiros participarão do torneio, pois quatro tenistas nacionais duelam ente si na última rodada do qualificatório, a ser também disputado nesta terça-feira. Xarás de 19 anos, Mateus Alves (627º) enfrenta Matheus Pucinelli de Almeida (939º) e Igor Marcondes (804º) desafia Wilson Leite (519º), cabeça 4 do quali. Filipe Brandão, João Lucas Reis da Silva e Pedro Gabriel Rodrigues ficaram pelo caminho.


Pela chave de duplas, Oscar José Gutierrez e João Lucas Reis da Silva enfrentam o britânico Luke Johnson e o francês Matteo Martineau, cabeças 2 do torneio. Em caso de vitória podem ter o também brasileiro Wilson Leite como adversário nas oitavas. Ao lado de Lucas Gerch, Leite estreia já nesta terça-feira contra o australiano Dayne Kelly e o finlandês Patrik Niklas-Salminen.


Foto: Porto Open / Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário