Katie Nageotte faz melhor marca da carreira e assume a liderança da temporada do salto com vara - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Katie Nageotte faz melhor marca da carreira e assume a liderança da temporada do salto com vara

Compartilhe

Sétima colocada no último Mundial, a norte-americana Katie Nageotte assumiu a liderança do ranking da temporada no salto com vara, ao registrar 4,83m no último sábado, em Marietta, nos Estados Unidos. Ela ultrapassou em dois centímetros a marca que a mesma havia estabelecido ao lado da compatriota Sandi Morris na última quinta-feira.

Nageotte também bateu seu recorde pessoal ao ar livre com o registro, superando os 4,82m de julho passado. No indoor, sua melhor marca é 4,91m, feita em 2018, quando conquistou o primeiro de seus dois títulos nacionais.


Eleni-Klaoudia Polak foi outra saltadora com vara a fazer a melhor marca de sua carreira neste final de semana. Cogitada para ser a sucessora da campeã olímpica Katerina Stefanidi, a grega saltou para 4,70m em sua sua estreia na temporada, em Atenas. Ela, que tem 23 anos, é tetracampeã nacional indoor e possuía 4,46m na temporada outdoor.

Surte + Campeão olímpico, Ryan Crouser alcança terceira melhor marca da história do arremesso de peso

Provas de  velocidade
A jamaicana Elaine Thompson registrou 11s19 nos 100m rasos, quinto melhor tempo da temporada, ainda no sábado, em Kingston (JAM). No mesmo dia, as alemãs Lisa Marie Kwayie e Jennifer Montag fizeram as melhores marcas de suas carreiras na distância, em Wetzlar. Elas correram para 11s21 e 11s23, respectivamente, as sexta e oitava melhores marcas do ano.

A dona da melhor marca do ano nos 100m rasos segue sendo Shelly-Ann Fraser-Pryce, que cravou 11 segundos no último final de semana. A bicampeã olímpica voltou a competir no sábado, também em Kingston, mas nos 200m rasos. Ela correu para 22s74, registrando a terceira melhor marca do ano na disciplina.

Surte + Michael Norman registra sub-10 nos 100m rasos e entra para seleto grupo de velocistas

Também nos 200m, Marije Van Hunenstijn, dos Países Baixos, registrou 22s91, em Arnhem (NED). Na mesma competição, a suíça Ajla Del Ponte finalmente conseguiu bater seu recorde pessoal na distância depois de duas oportunidades em que o vento não colaborou. Agora, ela correu para 23s02 com um vento de +0.8m/s. Foram as respectivas sexta e oitava melhores marcas do ano.

Com um novo recorde nacional, a neerlandesa Femke Bol melhorou ainda mais a sua marca de liderança do ranking da temporada nos 400m com barreiras. No sábado, em Papendal (NED), ela correu para 53s79, abaixando em quase um segundo a antiga melhor marca. Ela tem 20 anos e é atual campeã europeia sub-20.






A post shared by Femke (@femke_bol) on

Duas jamaicanas também correram os 400m com barreiras em Kingston. Ronda Whyte e Janieve Russell registraram os mesmos tempos: 55s40, assumindo a segunda colocação do ranking da temporada. Jackie Baumann, da Alemanha, foi a segunda colocada em Papendal, com 55s53.

Nessa mesma distância, mas no masculino, Constantin Preis, chegou perto de aprimorar a melhor marca da temporada, que pertence a ele. O alemão correu para 49s69 no último sábado, ficando a dois décimos do melhor. No mesmo dia, o tcheco Vit Muller, em Kladno, fez 49s99, terceiro melhor tempo do ano.

Lançamentos, saltos e provas combinadas
Um grande destaque europeu das competições de atletismo realizada neste final de semana foi Belarus, que teve duas novas melhores marcas da temporada em Brest. Nastassia Mironchyk-Ivanova, bronze no Mundial de 2011, registrou 6,93m no salto em distância, enquanto Aliona Dubitskaya conseguiu 19,27m no arremesso de peso, ficando empatada com a portuguesa Auriol Dongmo

Medalhistas no último Europeu Sub-20, os super-atletas da Suíça bateram seus recordes pessoais no domingo, com as segundas melhores pontuações do ano de suas respectivas disciplinas. Annik Kalin conseguiu 6.170 pontos no heptatlo, com destaque para 6,44m no salto em distância, enquanto Simon Ehammer alcançou 8.029 pontos, também se destacando no salto em distância com 8,11m.

Na Eslovênia, o jovem Sandro Tomassini, de 16 anos, bateu um novo recorde nacional sub-20 no salto em altura. Ele saltou para 2,22m neste domingo, em Novo Mesto, aumentando um centímetro sobre a marca que havia feito há duas semanas. Na Suécia, Kim Amb melhorou ainda mais sua seu desempenho, com 83,41m no lançamento de dardo, a quarta melhor marca da temporada.

Foto: Reprodução/Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário