Michael Norman registra sub-10 nos 100m rasos e entra para seleto grupo de velocistas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Michael Norman registra sub-10 nos 100m rasos e entra para seleto grupo de velocistas

Compartilhe

Pela primeira vez competindo nos 100m rasos após quatro anos, o norte-americano Michael Norman já entrou para a história. Nesta segunda-feira, ele registrou 9s86 (+1.6), melhor tempo do ano na distância, e tornou-se o segundo atleta de todos os tempos a quebrar as maiores barreiras das provas mais rápidas do atletismo (10 segundos nos 100m, 20 segundos nos 200m e 44 segundos nos 400m).

Norman, de 22 anos, encerrou a temporada passada com a melhor marca mundial nos 400m, com 43s45, e com a segunda melhor nos 200m, com 19s70. Até então, o único homem a atingir tal feito era Wayde van Nieker. Detentor do recorde mundial nos 400m, o sul-africano possui como melhores marcas da carreira 9s94 nos 100m, 19s84 nos 200m e 43s03 nos 400m.

Para engrandecer ainda mais o feito de Norman, se pegarmos todos os tempos estabelecidos nos últimos três anos nos 100m rasos, apenas o compatriota Christian Coleman correu abaixo dos 9s86. O campeão mundial terminou 2017, 2018 e 2019 com as melhores marcas dos anos, com 9s82, 9s79 e 9s76, respectivamente.

O norte-americano Rai Benjamin foi o segundo colocado da competição desta segunda-feira, estabelecendo um personal best de 10s03, a terceira melhor marca da temporada geral, empatado com o jamaicano Julian Forte, que registrou o tempo no último sábado, em Kingston. O segundo colocado do ranking da temporada é o sul-africano Akani Simbine, que correu para 9s91 em março. 

Foto: Reprodução/Instagram_@michaelnorman22

Nenhum comentário:

Postar um comentário