Mundial de Esportes Aquáticos é transferido para maio de 2022 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou as novas datas da próxima edição do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em Fukuoka, no Japão: 13 a 29 de maio de 2022. O evento estava programado para 16 de julho a 1º de agosto de 2021, mas teve de ser adiado com a mudança dos Jogos Olímpicos de Tóquio para o próximo ano.

Com a confirmação das datas, a Fina segue o mesmo caminho da World Athletics, que já havia transferido o Mundial de Atletismo de 2021 para 2022. A federação até cogitou realizar seu Mundial antes da Olimpíada, mas acabou optando por adiá-lo em um ano. O Mundial de Atletismo de Eugene, nos Estados Unidos, acontecerá dois meses após o de esportes aquáticos, entre 15 a 24 de julho.

"Depois de nos relacionarmos com as partes interessadas relevantes e receber feedback delas, não temos dúvidas de que a decisão tomada fornecerá as melhores condições possíveis para todos os participantes no campeonato. Estamos ansiosos para testemunhar os melhores atletas aquáticos do mundo competindo na cidade de Fukuoka (JPN) em 2022", disse o presidente da Fina, Dr. Julio C. Maglione.

A última edição do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos aconteceu em 2019, em Gwangju, na Coreia do Sul. O Brasil conquistou sete medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e duas de bronze. A única medalha em prova olímpica brasileira foi nos 50m livre, com a prata de Bruno Fratus.

Para 2022, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) terá um grande problema pela frente, de acordo com o Blog do Coach, do Best Swimming. Isto porque o Troféu Brasil, responsável pela seletiva nacional, normalmente ocorre em abril, o que daria cerca de um mês até o Mundial. Caso adiante a seletiva para março, a CBDA poderá tornar a preparação dos atletas muito curta.

O calendário de 2022 será muito agitado. Além dos dois Mundiais, os Europeus de Atletismo e de Esportes Aquáticos acontecerão no mesmo ano, assim como os Jogos da Commonwealth, os Jogos do Mediterrâneo, o Mundial de Vôlei de Praia e a Eurocopa feminina.

Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário