Mundial de Vôlei de Praia é adiado para junho de 2022 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Mundial de Vôlei de Praia é adiado para junho de 2022

Compartilhe

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) anunciou o adiamento do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia para junho 2022. O torneio que era aguardado para 2021 teve que ser reagendado devido às grandes mudanças no calendário esportivo, causado pelo adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio pela pandemia de coronavírus. 

O Mundial manteve sua cidade-sede, Roma, capital da Itália, e permanecerá no complexo esportivo Foro Itálico. Em 2019 o local já havia recebido o Finals do Circuito Mundial de Vôlei de Praia da FIVB.

Presidente da FIVB, o brasileiro Ary Graça Filho falou sobre a decisão do adiamento. "Acreditamos que remarcar o Campeonato Mundial de Vôlei de Praia da FIVB foi a melhor solução diante o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Também estamos satisfeitos que o evento permaneça na Itália, uma nação com orgulhosa história esportiva" afirmou.

"Roma já havia sediado uma excelente edição de Campeonato Mundial da modalidade, em 2011 e estamos extremamente orgulhosos de levar este prestigiado evento de volta a esta cidade. Vamos ter que esperar mais um pouco para coroar nossos novos campeões mundiais, mas sem dúvida valerá a pena quando testemunharmos que os melhores jogadores se enfrentarão em 2022", concluiu Graça Filho. 

Já o presidente e CEO da Sport e Salute (uma espécie de órgão do governo italiano), Vito Cozzoli,  disse que acredita que o adiamento é a melhor forma de superar a crise causada pela pandemia. "Compartilhamos plenamente a decisão conjunta de todas as entidades envolvidas de reprogramar o Campeonato Mundial de Vôlei de Praia para 2022. Acreditamos firmemente que essa é a melhor solução para reduzir o impacto do coronavírus. Superaremos esse obstáculo juntos e alcançaremos maior união e determinação para a realização deste evento".

Presidente do Comitê Olímpico Nacional da Itália (CONI), Giovanni Malago comentou que não era o melhor cenário para a realização do torneio. "Tudo deve estar perfeito para este evento único e extraordinário. Devemos respeitar todos os valores que, juntamente com a FIVB, a Federação Italiana de Vôlei e o Sport e Salute, sempre foram nosso objetivo principal".

O Campeonato Mundial de Vôlei de Praia é realizado a cada dois anos e reúne os melhores jogadores da modalidade em busca do título mundial. A ultima edição foi realizada em Hamburgo, na Alemanha, e condecorou os russos Oleg Stoyanovskiy e Viacheslav Krasilnikov como campeões do mundo no masculino e teve as canadenses Melissa Humana-Paredes e Sarah Pavan ganhando a medalha de ouro no evento feminino, além do torneio ter recebido mais de 130 mil espectadores. 

Foto: CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário