Thiago Wild avança às quartas em Aix-en-Provence; Romboli e Meligeni também vencem - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Thiago Wild avança às quartas em Aix-en-Provence; Romboli e Meligeni também vencem

Compartilhe


Thiago Wild segue bem no retorno ao circuito mundial. Nesta quarta-feira, ele avançou às quartas de final  do Challenger de Aix-en-Provence, cidade do sul da França, ao derrotar o dominicano Roberto Cid Subervi em sets diretos (6-1 e 7-5), em 1h22m de partida. O brasileiro também disputou o torneio de duplas, ao lado do compatriota Rafael Matos, mas acabou derrotado por uma parceria local.

Assim como na primeira rodada, Wild não teve maiores problemas para vencer seu duelo de oitavas de final, mesmo sofrendo um susto no segundo set. Ele fechou a primeira parcial sobre Subervi em rápidos 24 minutos e, na segunda, chegou a ter 5-1 de desvantagem, mas venceu seis games seguidos e conseguiu a virada sobre o adversário, fechando o duelo em 2 a 0.

Agora, o jovem, de 20 anos, aguarda o vencedor do confronto francês entre Antoine Hoang (128º) e Quentin Halys (197º), que jogam ainda nesta quarta-feira. No momento, Wild é o 113º colocado do ranking da ATP. Com a classificação às quartas do Challenger 125, ele já tem 25 pontos garantidos na próxima atualização, caso avance, somará mais 20.

Poucas horas após a vitória em simples, Thiago voltou às quadras de Aix-en-Provence para fazer sua estreia no torneio de duplas. Ao lado do também brasileiro Rafael Matos, ele sofreu uma derrota de virada sobre os franceses qualifiers Enzo Couacaud/Albano Olivetti, com parciais de 3-6, 7-5 e 10-7, em um jogo que foi interrompido pela chuva no segundo set.

Meligeni/Romboli avançam

(Agência Start)

Se Wild/Matos ficaram pelo caminho, Felipe Meligeni e Fernando Romboli avançaram na chave de duplas do Challenger francês. Pela primeira vez atuando juntos, os compatriotas derrotaram o americano Bradley Klhan e o taiuanês Jason Jung em duplo 7-5, em 1h21m de partida e se garantiram nas quartas de final. 

Na próxima fase, a parceria verde-amarela vai encarar uma dupla latino-americana, formada pelo venezuelano Luis David Martinez e pelo mexicano Miguel Angel Reyes-Valera. Cabeças de chav número 3 do torneio, os adversários dos brasileiros passaram por Federico Coria/Hugo Dellien nas oitavas. 

Esta foi a primeira partida de Romboli, 98º colocado do ranking de duplas da ATP, depois da reabertura do circuito. O último evento que havia disputado havia sido o Challenger de Monterrey, no México, realizado ainda em março. Ele se preparou para o retorno ao alto nível por mais de dois meses e participou, inclusive, de um torneio amistoso realizado no Rio de Janeiro há duas semanas.

Meligeni, por sua vez, já competira duas vezes nas últimas semanas, ambas com parceiros diferentes. No ITF 25 de Poznan, na Polônia, ele foi eliminado nas oitavas de final de simples e chegou até as semifinais nas duplas, ao lado do colombiano Cristian Rodriguez. Na última semana, caiu nas quartas do Challenger de Cordenons, na Itália, junto ao espanhol Sergio Matos Gomes.

Surte +: Thomaz Bellucci cai na estreia do Future de Bucareste; jovens brasileiros avançam em Sintra 

Foto de capa: Reprodução/Instagram_@gwen_brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário