Daniel Stahl registra 71,37m no lançamento de disco em etapa bronze do Continental Tour - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Daniel Stahl registra 71,37m no lançamento de disco em etapa bronze do Continental Tour

Compartilhe


Daniel Stahl está impossível! Pela segunda vez na temporada, o atual campeão mundial do lançamento de disco quebrou a barreira dos 70 metros em sua disciplina, registrando 71,37m no Sollentuna Grand Prix, competição bronze do Continental Tour, realizada na cidade sueca de mesmo nome, nesta segunda-feira.

Foi a melhor marca mundial do ano, ultrapassando os 70,25m que ele mesmo havia feito há um mês e meio (o colombiano Maurício Ortega quebrou o recorde sul-americano com 70,29m, mas sua marca está pendente de ratificação). Além disso, foi também o segundo melhor registro de sua carreira pessoal, atrás somente dos 71,86m alcançados em junho do ano passado.

Em toda a história, apenas sete atletas - além dele próprio - tiveram melhores lançamentos que os registrados por Stahl nesta segunda-feira. A marca lhe daria ouro em qualquer edição olímpica. No entanto, o sueco ainda está a mais de dois metros do recorde mundial, que é de 74,08m, do alemão Jurgen Schult, e perdura por mais de 34 anos.

Daniel Stahl venceu o Sollentuna GP, sendo seguido pelo compatriota Simon Pettersson (Reprodução)
Esta foi sua décima competição no ano e a nona vez que o compatriota Simon Petterson ficou em segundo lugar. Desta vez, Petterson marcou 66,51m, seguido pelo polonês Robert Urbanek, com 63,69.

Em pelo menos seis destes meetings, Stahl lançou o disco acima dos 68 metros, o que mostra sua regularidade na temporada. O próximo compromisso do atleta de 27 anos já é nesta terça-feira, no Paavo Nurmi Games, competição ouro do Continental Tour, em Turku, na Finlândia.

Ainda no Sollentuna GP, os donos da casa dominaram a maioria das disputas. Angelica Bengtsson venceu o salto com vara com 4,64m; Thobias Montler saltou para 8,05m no salto em distância; e Erika Kinsey saiu vitoriosa no salto em altura com 1,92m. O italiano Leonardo Fabbri faturou a disputa do arremesso de peso com 21,57m, estabelecendo um novo recorde pessoal.

Surte +:  Thiago Braz voltou a competir há duas semanas. Veja como foi!

Foto: Thomas Windestam

Nenhum comentário:

Postar um comentário