Com a melhor marca do ano, colombiano Mauricio Ortega quebra recorde sul-americano no lançamento de disco - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com a melhor marca do ano, colombiano Mauricio Ortega quebra recorde sul-americano no lançamento de disco

Compartilhe

Pela terceira vez em oito meses, o colombiano Mauricio Ortega quebrou o recorde sul-americano no lançamento de disco. Ele registrou 70,29m em uma competição em Lovelhe, em Portugal, nesta quarta-feira, acrescendo mais de três metros acima da marca anterior. A marca também foi o melhor lançamento do ano.

A primeira quebra de recorde continental de Ortega foi registrada em dezembro passado, quando ele lançou para 66,42mdez centímetros acima da marca de Jorge Balliengo, da Argentina, que fora registrada em 2006. A segunda quebra veio em fevereiro deste ano, com 67,03m. Agora, executou esta marca. Os três registros possuem algo em comum: todas foram realizadas no mesmo local.



Ortega superou em quatro centímetros os 70,25m de Daniel Stahl, atual campeão mundial, que era a melhor marca da temporada. O colombiano, aliás, se juntou ao sueco no seleto grupo de atletas que quebraram a barreira dos 70 metros no atual ciclo olímpico. Além dos dois, apenas o jamaicano Fedrick Dares, vice-campeão mundial, integra a lista.

Não bastasse o colombiano, quase o meeting português desta quinta inseriu um novo atleta ao "clube". O equatoriano Juan José Caicedo registrou 69,60m, um novo recorde equatoriano, segunda melhor marca do continente (atrás somente dos 70,29m de Ortega) e quarta do ano. O registro ainda ficou mais de seis metros acima de seu personal best anterior (63,31m). 

Ortega passa a ser o 24º atleta com a melhor marca de todos os tempos no lançamento de disco, e Caicedo o 32º. O colombiano tem 25 anos e foi vigésimo colocado no último Mundial e quinto nos Jogos Pan-Americanos de Lima, enquanto o equatoriano foi sexto no Pan e não foi ao Mundial. Ambos são treinados por Frank Casañas, cubano naturalizado espanhol, que foi campeão pan-americano em 2003.

Esta foi a primeira competição dos dois sul-americanos no pós-pandemia. Outros atletas do lançamento de disco têm participado de eventos nas últimas semanas e proporcionado uma disputa acirrada pelas melhores marcas do ano na disciplina. Até o momento, sete atletas, incluindo Ortega e Caicedo, lançaram sobre os 68 metros na atual temporada, marcas que dariam o ouro no último Mundial.

Surte +: Confira o sistema qualificatório olímpico atualizado do atletismo

*Com informações da Confederação Sul-Americana de Atletismo

Foto: Reprodução/Instagram_@iammauriciortega

Nenhum comentário:

Postar um comentário