COB apresenta Time Brasil com 301 inscritos para os Jogos Olímpicos de Tóquio e 18 atletas substitutos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

COB apresenta Time Brasil com 301 inscritos para os Jogos Olímpicos de Tóquio e 18 atletas substitutos

Compartilhe
Time Brasil rugby Tóquio 2020

Na noite desta terça-feira (13) em Tóquio, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) realizou uma coletiva de imprensa para apresentar as últimas novidades a respeito da preparação brasileira para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Dentre as principais notícias estão a definição de 301 atletas inscritos em Tóquio 2020, além de 18 substitutos que poderão ser incluídos edurante os jogos. Ainda durante a coletiva, os membros do COB revelaram números sobre vacinação, e apresentaram dados sobre chegada no Japão e garantiram que os casos de covid-19 no hotel da equipe brasileira em Hamamatsu não afetaram os atletas brasileiros.

Jorge Bichara, diretor de esportes do COB confirmou que apenas 301 atletas foram inscritos. São 161 homens e 140 mulheres. Dentre este número está a lançadora de disco Fernanda Borges, que terá seu julgamento em caso de doping realizado na semana seguinte e poderá viajar para Tóquio se for inocentada. 

Ele ainda assegurou que outros 18 atletas foram inscritos como atletas substitutos, o que é diferente de reserva, considerado membro pleno da delegação. São três atletas do atletismo, oito do futebol, dois do handebol, dois do hipismo, um do rugby, dois do tênis de mesa. Confira a lista abaixo. 

A princípio alguns destes atletas chegaram a ser incluídos na lista oficial divulgada pelo COB, mas agora só entrarão de fato se forem escalados no dia da competição. Se eles forem incluídos durante os jogos, eles entrarão na lista oficial do COB de atletas brasileiros em Tóquio 2020. Ou seja, a relação do Time Brasil nos Jogos Olímpicos poderá crescer de acordo com o prosseguimento da competição, diferentemente dos últimos casos. 

Cada modalidade tem sua própria regra, e Bichara ainda revelou que o COB está em conversas com as federações e o Comitê Organizador de Tóquio (TOCOG) para entender como será em função das medalhas, por exemplo. O entendimento atual é que o atleta substituto, se entrar em algum jogo ou disputa, também receberá medalhas. No atletismo, por exemplo, a substituição só poderá ser feita a partir de lesão.

Ao final da coletiva, Bichara se emocionou lembrando do foco do Time Brasil para os Jogos Olímpicos. Ele lembrou que além de todas preocupações relacionadas ao covid-19, o foco também está com o desempenho esportivo. “Nós viemos aqui para uma competição esportiva e viemos para buscar a melhor representação esportiva possível”, afirmou ele na última mensagem.

Ele ainda lembrou que o Brasil conseguiu vagas em 35 das 50 modalidades em disputa, o que mostra a evolução do esporte brasileiro. Ele ainda salientou que ao contrário dos últimos anos, o Brasil chega com altas chances de medalhas em mais de dez esportes.


Atletas substitutos (Alternate Athletes - Ap)



Atletismo - Geisa Coutinho (revezamento 4x400m misto)
Atletismo - Lorraine Martins (revezamento 4x100m feminino)
Atletismo - João Henrique Falcão (revezamento 4x400m misto)
Futebol feminino - Aline Reis
Futebol feminino - Andressa Alves
Futebol feminino - Giovana Queiroz
Futebol feminino - Letícia Santos
Futebol masculino - Claudinho
Futebol masculino - Lucão
Futebol masculino - Gabriel Martinelli
Futebol masculino - Reinier
Handebol feminino - Giulia Guarieiro
Handebol masculino - Fábio Chiuffa
Hipismo saltos - A definir
Rugby feminino - Eshy Coimbra
Tênis de mesa - Giulia Takahashi (equipe feminina)
Tênis de mesa - Eric Jouti (equipe masculina)

Surte+ Surto em Tóquio, a coluna diária do nosso enviado especial ao Japão

Foto: Gaspar Nóbrega/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário