Delegação brasileira de judô não foi afetada por casos de covid-19 em hotel de Hamamatsu - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Delegação brasileira de judô não foi afetada por casos de covid-19 em hotel de Hamamatsu

Compartilhe

Na noite desta terça-feira (13) em Tóquio, o Comitê Olímpico Brasileiro revelou detalhes sobre a chegada ao Brasil no Japão. Dentre os assuntos mais discutidos foi o diagnóstico de covid-19 em cinco funcionários do hotel onde parte da delegação brasileira se encontra hospedada em Hamamatsu. Os representantes do COB deixaram claro que o caso aconteceu antes da chegada da delegação brasileira e não afetou de nenhum modo os atletas e funcionários do Time Brasil. Todos brasileiros estão sendo testados diariamente, com diagnóstico negativo.


Surte+ 90% de atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos de Tóquio foram vacinados contra covid-19


A coordenadora médica do Brasil Dra. Ana Carolina Corte informou hotel onde 15 atletas brasileiros do judô estão hospedados em  Hamamatsu, teve cinco casos de covid-19 entre funcionários antes mesmo da chegada dos atletas. São seis atletas da delegação e nove sparrings. Segundo o COB, cinco funcionários testaram positivo antes da chegada do hotel em Hamamatsu e o COB está em contato com responsáveis da cidade para minimizar o risco. 


"A cidade está sendo muito parceira e nos relatando testes dos funcionários. Hoje, não tem nenhum funcionário [com diagnóstico] positivo e nenhum deles teve contato com nossa delegação”, afirmou a médica, que ainda disse que a delegação de Hamamatsu usa elevador privativo e tem áreas exclusivas para alimentação e deslocamento para treino. 


Outros atletas do judô estão chegando no hotel e o COB. A cidade ao sudoeste do Japão ainda recebe atletas brasileiros do tênis de mesa, que chegaram também nesta terça-feira no Japão e farão concentração em outro hotel, como já era previsto. A médica responsável pelos protocolos do Time Brasil ainda assegurou que a área de alimentação é privativa e o protocolo do COB está "super rigoroso", com 14 dias de isolamento e testes diários. 

Foto: Gaspar Nobrega / COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário