Repetindo Rio 2016, Guilherme Toldo cai nas quartas do GP de Doha e garante top20 no ranking - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Repetindo Rio 2016, Guilherme Toldo cai nas quartas do GP de Doha e garante top20 no ranking

Compartilhe



Guilherme Toldo teve um bom início de partida diante do super favorito Race Imboden, mas acabou caindo por 15 a 6 diante do rival norte-americano em partida válida pelas quartas-de-final do Grand Prix de florete masculino, em Doha (QAT), terminando em oitavo lugar no torneio. Com a campanha ele sobe do 26º lugar para o 19º no ranking da Federação Internacional de Esgrima (FIE), podendo ter uma chave melhor nos Jogos de Tóquio. 


Aliás, a última vez que ele chegou nas quartas em um torneio mundial foi justamente nos Jogos Olímpicos de Rio 2016, e teve 14-13 antes de cair nas oitavas do Mundial de 2019. Race Imboden também foi seu algoz em outra grande campanha de Toldo recentemente, a prata no Pan-Americano de Esgrima em 2019.


Até chegar nas quartas, Toldo passou por três adversários na chave principal. Já com a vaga olímpica garantida, ele iniciou sua campanha com uma vitória sofrida diante do britânico Marcus Mepstead, 15º do mundo e atual vice-campeão mundial. O adversário liderava o confronto até o último round (5-6), mas o brasileiro virou o placar após seis toques seguidos e venceu por 11 a 10.


Na segunda rodada, um pouco mais de facilidade com uma vitória por 15 a 9 diante do francês Wallerand Roger (35º). Já ranqueado entre os 16 melhores da competição, ele teve uma vitória nervosa contra o francês Tyvan Bibard nas oitavas. Toldo derrotou em 15 a 11 o adversário, apenas 350º do mundo, mas responsável por eliminar o líder do ranking e campeão mundial Alessio Foconi.


Surte + Confira a campanha de Guilherme Toldo até as quartas com vitória sobre vice-campeão mundial de virada


O jogo contra Race Imboden

Guilherme Toldo conquistou o primeiro ponto em movimentação de defesa. Com 30 segundos de confronto, ele fez um contra ataque para ampliar para 2 a 0. Com 42 segundos, Race Imboden fez seu primeiro toque para então deslanchar e já estar com vantagem de 6 a 2 em 62 segundos de combate. 


Com pontos mais bem trabalhados, Toldo se aproximou no placar para chegar a 6 a 4, mas permitiu que o rival norte-americano conquistasse dois pontos disputados e confirmados apenas após revisão de vídeo, abrindo 8 a 4 com um minuto e meio de confronto.


Surte +: Gosta de nosso trabalho? Participe da campanha em prol do jornalismo esportivo independente e Ajude o Surto Olímpico ir a Tóquio!


A partir de então, só deu Imboden e o norte-americano marcou mais 6 pontos, alguns com ajuda do árbitro, em marcações duvidosas. Toldo manteve-se em jogo, marcando ainda dois pontos, antes de sofrer o toque final, perdendo por 15 a 6, em 2 minutos e 22 segundos de embate.


De qualquer maneira, Toldo repete sua melhor campanha em nível internacional, as quartas-de-final alcançadas nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Com a campanha ele sobe de 26º para 19º lugar.

  

Confira as equipes classificadas os Jogos de Tóquio:


1- EUA (1ª do ranking)

2- França (2ª do ranking)

3- Itália (3ª do ranking)

4- Rússia (como Comitê Olímpico da Rússia, 4ª do ranking)

5- Hong Kong (5ª do ranking, vaga asiática)

6- Egito (8ª do ranking, vaga africana)

7- Alemanha (10ª do ranking, vaga europeia)

8- Canadá (14ª do ranking, vaga americana)


E os seis atletas classificados individualmente


Carlos Llavador, Espanha

Guilherme Toldo, Brasil - Confira como ele conquistou a vaga na sexta-feira

Lee Kwanghyun, Coreia do Sul

Marcus Mepstead, Grã-Bretanha

Mohamed Samandi, Tunísia

Shikine Takahiro, Japão



Surte+ Relembre a entrevista exclusiva com o Surto em 2019 em que Toldo fala das Olimpíadas de Tóquio


Fotos: Augusto Bizzi / Federação Internacional de Esgrima (FIE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário