De virada, Tsuboi e Ishiy perdem para europeus e dão adeus ao torneio de duplas do WTT Contender de Doha - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

De virada, Tsuboi e Ishiy perdem para europeus e dão adeus ao torneio de duplas do WTT Contender de Doha

Compartilhe



A parceria brasileira formada por Gustavo Tsuboi e Vitor Ishiy foi eliminada do WTT Contender de Doha, no Catar, depois de ser derrotada nesta quarta-feira (03) para a dupla europeia de Alvaro Robles (ESP) e Ovidiu Ionesco (ROM). Os brasileiros abriram 2 a 0, mas sofreram a virada e perderam em 3 a 2, com parciais de 9-11, 9-11, 11-4, 11-3 e 11-8, em 38 minutos de partida.


Agora, Hugo Calderano resta como o único representante do Brasil na competição catari, que é o primeiro evento do circuito mundial da temporada do tênis de mesa. Ele, sexto colocado do ranking mundial, está nas oitavas de final do torneio individual masculino e enfrentará o sul-coreano Jaehyun An, medalhista de bronze no último Mundial, nesta quinta-feira, às 10h (horário de Brasília).


Esta foi a terceira eliminação de Vitor Ishiy (59º) no WTT Contender de Doha. Além das duplas masculinas, ele também disputou a chave de duplas mistas e o torneio de simples. Nas mistas, caiu diante dos egípcios Omar Assar/Dina Ashref, jogando ao lado de Bruna Takahashi. Já no torneio individual, foi eliminado pelo italiano Mihail Bobocica depois de duas vitórias na fase preliminar.  


Gustavo Tsuboi, 36º do mundo, conheceu sua segunda derrota no mesmo dia. Ele já havia sido eliminado mais cedo da chave individual, pelo compatriota Hugo Calderano. Única representante no feminino, Bruna Takahashi (47ª) também parou na estreia da chave principal, diante da ucraniana Ganna Gaponova. Thiago Monteiro (84º) e Eric Jouti (88º) perderam ainda na primeira rodada do quali.


Muito disputados, os dois primeiros games do confronto entre Tsuboi/Ishiy e Ionescu/Robles tiveram quase a mesma tônica. Ninguém conseguiu desgarrar do marcador e os brasileiros levaram a melhor na reta decisiva, vencendo ambos por 11-9. As parciais seguintes, no entanto, foram de domínio total dos europeus, que emplacaram um 11-4 e um 11-3 para levar a partida para o set decisivo.


No tie-break, os europeus abriram 3-0 de frente e obrigaram os brasileiros a pedir tempo. O descanso, porém, pareceu não ter gerado efeito imediato e Ionescu/Robles continuaram pontuando, chegando a 7-1 de vantagem. Ishiy/Tsuboi encostaram no placar após uma confusão com a arbitragem e ficaram em 8-6. No entanto, com doses de sorte, os europeus mantiveram-se a frente e fecharam a parcial em 11-7.


Foto: Hussein Sayed/Qatar Table Tennis

Nenhum comentário:

Postar um comentário