Hylmer Dias deixa o comando do Fluminense em meio à pior campanha do clube na Superliga - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Hylmer Dias deixa o comando do Fluminense em meio à pior campanha do clube na Superliga

Compartilhe
Hylmer Dias dando instruções em treino do Fluminense

Em penúltimo lugar na Superliga feminina, o comandante Hylmer Dias não é mais técnico da equipe do Fluminense. A informação foi dada em primeira mão pelo site Melhor do Vôlei e confirmada por nossa reportagem com fonte ligada ao clube. O anúncio oficial do tricolor carioca deve ser feito nos próximos dias após reunião da diretoria com as atletas. O assistente técnico Guilherme Schmitz deve assumir a equipe até o final da competição.


Sob o comando do Hylmer, o Fluminense passa pela sua pior campanha na história da competição, com apenas duas vitórias em 18 partidas realizadas. O time tem grande risco de ser rebaixado, não dependendo apenas dele para permanecer na elite do voleibol nacional.


A temporada do tricolor das Laranjeiras é marcada por ter sido iniciada de maneira tardia e com contratações feitas nos últimos momentos, após ter cogitado investir em uma equipe com base de juvenis. A campeã olímpica Mari, última contratada, só estreou dois meses depois de sua chegada. A equipe também contou com muitas lesões e um surto de Covid-19 durante a competição.


+ Conheça os confrontos das equipes dos brasileiros nos playoffs da Champions League de vôlei


O comandante encerra um ciclo de 21 anos no clube, por onde conquistou títulos em todas as categorias de base do clube. Hylmer também seguiu como assistente técnico de Bernardinho durante 12 anos, mas saiu para assumir a equipe adulta do Flu na estreia da Superliga em 2016.


Pelas seleções de base, o técnico tem como maior destaque a medalha de bronze conquistada com o time feminino no Mundial Sub-18, em 2019.


Nós entramos em contato com o clube através da assessoria de imprensa e teremos uma atualização assim que tivermos uma resposta.


Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário