Djokovic cede set para Raonic, mas vence e encara Zverev nas quartas de final do Australian Open - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Djokovic cede set para Raonic, mas vence e encara Zverev nas quartas de final do Australian Open

Compartilhe

Mesmo após apresentar problemas físicos na rodada anterior, o atual campeão do Australian Open, Novak Djokovic, segue vivo na busca por seu nono título no torneio. Ele venceu o canadense Milos Raonic por 3 sets a 1, com parciais de 7-6 (4), 4-6, 6-1 e 6-4, em 2h56 de jogo. 


Com o resultado, Djokovic avança às quartas de final e encara o alemão Alexander Zverev. Todas as vezes que o tenista sérvio venceu nesta fase do Major australiano, ele conquistou o título


Surte +Dimitrov surpreende, massacra Thiem e avança às quartas de final do Australian Open


O jogo


O primeiro set foi a parcial mais equilibrada da partida. Djokovic teve dois break points, mas desperdiçou ambos e viu Raonic se recuperar na base dos saques. Além dos nove aces do canadense, ele ainda disparou 17 winners. Mas mesmo sendo mais agressivo, quem venceu o set foi Djokovic, que anotou 7 a 4 no tiebreak e ficou com 7-6 na primeira parcial. 


Mesmo com a derrota no primeiro set, Raonic levou o bom momento para o segundo set. Ele seguiu sacando muito bem, fazendo sete aces e cedendo apenas quatro pontos jogados no primeiro serviço. Além disso, o canadense aproveitou um break point no quinto game e manteve a vantagem adquirida até o final da parcial, vencendo por 6-4. 


Surte +Halep vira contra Swiatek e alcança 100ª vitória em Grand Slams


Mas nos dois sets seguintes Djokovic dominou, deixando poucas chances para Raonic. Na terceira parcial o sérvio quebrou o canadense duas vezes seguidas e venceu por 6-1. Já no quarto set, o líder do ranking mundial pressionou no fim da partida, quebrando mais uma vez o serviço de Raonic, para chegar à vitória por 6-4. 


Djokovic terminou o jogo com 41 winners contra 50 do adversário, mas também teve uma quantidade menor de erros não-forçados – 25 a 35. 


Foto: Reprodução/Twitter Australian Open


Nenhum comentário:

Postar um comentário