Estreante do Estadual de basquete do Rio, Clube Desportivo Atitude quer construir uma sociedade melhor através do esporte - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Estreante do Estadual de basquete do Rio, Clube Desportivo Atitude quer construir uma sociedade melhor através do esporte

Compartilhe

O Clube Desportivo Atitude não é dos mais conhecidos no Rio de Janeiro e está longe de ser um dos grandes clubes esportivos da cidade. Na verdade, o Atitude é um projeto social (Instituto Técnico Desportivo Atitude), uma organização que leva a sério o lado social do esporte e usa o basquete para construção de uma sociedade melhor. É desta forma que o CDA estreia no Campeonato Estadual Adulto de Basquete do Rio de Janeiro, querendo solidificar o que começou em uma conversa de amigos.

O CDA nasceu com Roberto Almeira e Flávio Machado, amigos com mais de 30 anos de experiência no basquete. Logo o clube conseguiu uma parceria com o Piedade Tênis Clube, localizado entre Madureira e Méier, no coração do subúrbio carioca. Por lá, o CDA treina e tem condições de dar suporte as mais de 200 pessoas ligadas ao projeto, o único com estrutura nesta região da cidade do Rio de Janeiro.

Com a parceria do Piedade o clube é o estreante deste ano do Estadual de basquete, que será o maior dos últimos 10 anos. Hoje, o orçamento da organização social ainda é restrita e a ideia da primeira participação em torneio adulto é divulgar, através do campeonato, o projeto que atende desde crianças na escolinha, passa por atletas da base, pelo adulto e chega aos mais velhos, acima de 60 anos.

CDA x Botafogo em jogo de base do basquete do Rio de Janeiro
Jovens do CDA em torneio de base sub-15 em 2019 - Foto: Divulgação/CDA

Um dos pilares do plano da organização é formar atletas nas categorias de base, o que já vêm fazendo desde sua criação, no ano passado.

"O CDA foi criado prioritariamente para assumir um papel de ajuda, de massificação em projetar crianças nas categorias de base. Qualquer criança que procurar a gente, nós vamos tentar dentro de uma progressão, dentro da possibilidade econômica, formular uma plataforma em que a gente possa colocar todo mundo pra jogar", relata Roberto Almeida, técnico do time adulto e idealizador do projeto.

Segundo ele, a prioridade do projeto é dar chance a vidas e "levar o basquete para todos, em todos os lugares, visando atingir todas as camadas sociais da nossa sociedade", como consta no site da organização Instituto Técnico Desportivo Atitude.

"Criamos um processo para que a base seja legal e se fortaleça e vamos nos dedicar ao máximo para que os jovens da base tenham no basquete uma ferramenta de desenvolvimento na vida e que todos tenham a mesma chance. Os outros esportes vêm atrelados", comentou Roberto.

O objetivo do projeto é crescer esportivamente e socialmente além do basquete, arranjando parceiros, patrocínios e, quem sabe, abrindo outras sedes e tornando-se membro do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC). Outros esportes também estão no planejamento, como o tênis de mesa e as lutas.

"A ideia é que não estejamos só em um local. A primeira sede é no Piedade, mas a gente pretende ter mais de uma sede para realmente abrir a todos. Planejamos entrar com outras modalidades. O tênis de mesa é uma que a gente tem bastante interesse. Até caso procurem a gente para massificar. Para comprar material e montar estrutura a gente da um jeito, o que não dá é pra pagar todas as taxas de todas as federações ao mesmo tempo", disse Betinho, como o técnico é conhecido.




A crítica do treinador da equipe paira nas dificuldades do clube em conseguir se manter. Praticamente todo o dinheiro das despesas é colocado pelos idealizadores, que conseguiram o patrocínio da farmacêutica Orbispharma para viabilizar a participação no Estadual.

"O esporte deveria ser mais fácil no sentido de se praticar e ter menos taxas. A gente precisa de empresários que possam nos ajudar a pagar estruturas. Teria que ter as federações para poder deixar clubes entrarem de graça e até mesmo ajuda-los. Hoje as federações são um condomínio e a gente paga, mesmo a federação não tendo condição de dar o suporte pra gente. É uma questão de sentar e ter um bom debate", completou Roberto.

O Clube Desportivo Atitude estreia no Estadual de basquete no próximo dia 28 de setembro, em partida prevista para às 20h30, no Maracanãzinho. O duelo da estreia será contra o Flamengo, que não perde um título do Carioca desde 2005.

"O Estadual é business, não tem jeito. A gente joga como amador contra, acredito eu, times que todos são pagos. Não é demérito para ninguém, é natural", finalizou.

Foto: Divulgação/CDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário