Beatriz Haddad Maia passa pela estreia no ITF W15 de Santarém; outras quatro tenistas vencem na Europa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Beatriz Haddad Maia passa pela estreia no ITF W15 de Santarém; outras quatro tenistas vencem na Europa

Compartilhe
Beatriz Haddad Maia tênis Santarém Figueira da Foz



Bia Haddad conseguiu uma vitória categórica na estreia do ITF W15 de Santarém, Portugal, disputado em quadras duras. Ela aplicou 6-1 e 6-3 na francesa Alice Robbe por 6-1 e 6-3 em apenas 1 hora e 11 minutos. Ela desafia agora a finlandesa Anastasia Kulikova (534ª), cabeça 8, por uma vaga nas quartas.

A brasileira que sofreu tanto com seu saque na final de Figueira da Foz, domingo, não concedeu nenhum break point e fez dois aces. Ela cedeu apenas cinco pontos em seu serviço, dois deles com duplas faltas.


Robbe já havia vencido a brasileira Rebeca Pereira (1036ª) pela última rodada do quali na terça-feira.

Na terça-feira (15), Ingrid Gamarra Martins venceu a ucraniana Elizabet Hamaliy, (1193ª). Hoje, a também ucraniana, Valeriya Strakhova, 381º e principal favorita venceu com dificuldades a mexicana Victoria Rodriguez (637ª) por 6-2, 3-6 e 7-6[4]. No único confronto entre as duas em Curitiba, a europeia venceu Ingrid com facilidade: 6-1 e 6-2 em março de 2015 .

Menos sorte teve Carolina Meligeni Rodrigues Alvess (396ª) que não confirmou a condição de cabeça 2 e foi derrotada pela lituana Justina Mikulskyte (620ª) por 2 sets a 1, parciais de 6-4, 1-6, 6-3. Ela chegou a liderar a parcial decisiva com 2-1 e saque, mas sofreu a virada em partida que durou 2 horas e 29 minutos. 

Pelo torneio de duplas, as duas duplas brasileiras passaram para as quartas. Ingrid Martins, principal favorita na chave ao lado da chilena Barbara Gatica, venceu as belgas Magali Kempen e Helene Scholsen por sets diretos em 6-2 e 7-5.

Cabeças 4, Ingrid Martins e  Carolina Alves, tiveram vitória mais fácil ainda: 6-0 e 6-1 contra a romena Elena Bogdan e a sul-africana Warona Mdlulwa. Elas disputam uma vaga na semi contra a polonesa Martyna Kubka e a ucraniana Valeriya Strakhova. 

Todas brasileiras ainda vivas no torneio entram em quadra na quinta: Ingrid faz o segundo jogo da Quadra 1, por volta das 7 horas da manhã (horário de Brasília) e em seguida é a vez de Bia tentar uma vaga nas quartas. 

No último jogo da quadra 2, não antes das 10h, e depois de um descanso regulamentar, Rebeca e Gatica enfrentam as russas Elizaveta Koklina e Daria Mishina enquanto também fechando a quadra 3, Carol e Ingrid duelam contra a parceria da Europa Oriental.


Já pelo W15 de Melilla, na Espanha, a principal favorita do título Laura Pigossi (416ª) venceu a sueca Caijsa Wilda Hennemann, (861ª) e joga nesta quinta-feira não antes das 10h, contra a espanhola Estela Perez-Somarriba pelas oitavas.

Única brasileira representante no W25 de Grado, Itália, disputado no saibro, a cabeça 4, Gabriela Cé (230ª), foi surpreendida pela italiana Stefania Rubini (315ª) por 6-2, 7-6[4]. 

Ela foi uma das cinco favoritas que já ficaram para trás na primeira rodada, como a principal delas, a norte-americana Sacha Vickery (146º), e antiga top100 que abandonou seu jogo contra a italiana Lisa Pigato (717ª).

Mais sorte ela teve no torneio de duplas, ao lado de Alexandra Cadantu. Na terça-feira elas venceram as italianas Federica Urgesi e Camilla Zanolini por 6-1 e 6-2. Na tarde da quinta-feira elas enfrentam as segundas favoritas, Marie Benoit, da Bélgica, e Anna Danilina, do Cazaquistão pelas quartas do torneio de duplas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário