Mesa-tenistas completam uma semana de treinamentos em Porto Rico - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Mesa-tenistas completam uma semana de treinamentos em Porto Rico

Compartilhe

O processo de retomada do esporte olímpico no pós-pandemia chegou à América. Nesta semana, a seleção porto-riquenha de tênis de mesa completou uma semana de treinamentos. Seguindo todos os protocolos de segurança e distanciamento social, 12 atletas da equipe nacional estão se mantendo ativos em Utuado, uma pequena cidade da região central de Porto Rico.

Liderados por Adriana Diaz e Brian Afanador, o grupo pôde voltar aos treinos no último dia 8, graças ao relaxamento das rígidas medidas impostas contra o coronavírus. Além do tênis de mesa, o governo boricuo liberou o retorno das práticas esportivas da esgrima, tênis e xadrez, no início do mês. Até esta quarta-feira (17), Porto Rico registrou 5.536 casos e 146 mortes pela Covid-19. 

Apesar da flexibilização, os atletas ainda precisam seguir algumas regras durante os treinamentos, como o distanciamento social. No caso do tênis de mesa, toda a delegação realizou testes para detectar a presença do vírus no organismo, mas todos os resultados deram negativo. As temperaturas corporais são medidas diariamente, os tênis e as mãos são higienizados ao entrar no ginásio e a comissão técnica precisa usar máscara, assim como os atletas durante os intervalos.

A princípio, os treinos estão durando três horas e meia, realizados diariamente pela manhã. Na avaliação dos jogadores, a quantidade de tempo é suficiente para mantê-los ativos e reintegrá-los ao esporte depois de três meses de paralisação. Alguns atletas chegaram a manter atividades físicas em suas casas durante o período, mas sentiram uma grande diferença ao retornar ao ginásio.

Adriana Diaz e Brian Afanador, os principais nomes do tênis de mesa porto-riquenho (Neidy Rosado)
“Estávamos com saudades de voltar ao clube. Estamos muito felizes em voltar a tocar em uma grande instalação, não apenas em nossas casas. Aqui temos colegas de equipe com quem podemos jogar, por isso estou super feliz por voltar e espero poder competir novamente em breve", disse Adriana Diaz, número 19 do ranking mundial.

Mas o anseio de Adriana por competições terá que esperar um pouco. O calendário da ITTF (Federação Internacional de Tênis de Mesa) não tem uma data certa para retornar. A previsão mais otimista da entidade é realizar algumas competições no último trimestre do ano. Por outro lado, os dirigentes porto-riquenhos estão se organizando para realizar competições internas a partir de agosto.

"Podemos estar de dois a três meses antes que se haja um calendário de competições", disse Bladimir Diaz, técnico da equipe feminina, medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. O treinador elogiou a forma e a disposição de seus atletas no retorno dos treinos. “Eu encontrei todos os atletas da equipe em boa forma. Parece que eles estão fazendo uma boa preparação física em suas casas; Estamos muito animados para trabalhar com os jogadores".

Além de Adriana Diaz, estão presentes nos treinamentos suas irmãs Melanie e Fabíola Diaz, Daniely Rios e Kristal Torres. Pela seleção masculina, retornaram às atividades Brian Afanador, Daniel Gonzalez, Angel Naranjo, Gabriel Perez, Richard Pietri, Dereck Valentin e Yadriel Villanueva.

Seguindo os passos de Porto Rico, a equipe de tênis de mesa do Paraguai voltou aos treinos nesta semana. A Europa já mantém atividades desde meados de maio, e até mesmo competições já aconteceram. Hugo Calderano foi vice-campeão da Bundesliga, o campeonato alemão, neste final de semana, enquanto está acontecendo semanalmente o Dusseldorf Masters, também na Alemanha.

Surte +: Campeonatos Mundiais Individuais podem ser extintos do calendário do tênis de mesa

Foto: Neidy Rosado

Nenhum comentário:

Postar um comentário