Resumão do Pan 2019 - Dia 12







Atletismo




O Atletismo do Brasil conquistou três medalhas no segundo dia de disputas da modalidade. Darlan Romani, foi ouro no arremesso de peso com direito a recorde pan-americano - O relato dessa conquista você encontra aqui -  Paulo André ficou com a prata nos 100m rasos, quebrando um jejum de 20 anos do Brasil nessa prova em Pans, e Vitória rosa foi bronze nos 100m rasos.


No Salto em distância, Alexandro de Melo bateu na trave e ficou em quarto. O ouro ficou com o favorito com Juan Etchevarría (CUB). Jefferson Carvalho ficou em décimo no decatlo.  David Warner (CAN) foi ouro. No heptatlo, Vanessa Chefer está na sétima posição.



Basquete




A Argentina foi eliminada da competição de basquete feminino por um motivo bizarro: A equipe não seguiu a recomendação de usar uniforme branco e veio a quadra contra a Colômbia com o uniforme azul marinho. Por isso foi derrotada por W.O e com duas derrotas foi eliminada. A equipe ainda tentou buscar o uniforma branco, mas as colombianas se recusaram a jogar contra elas após o caso.  A Argentina protestou da decisão, mas o protesto foi negado e a vitória por W.O da Colômbia foi mantida

A outra seleção classificada do grupo A é a dos Estados unidos, que venceu Ilhas Virgens Americanas por 103 a 55. Já no grupo B, o Canadá reagiu à derrota brasileira e venceu o Paraguai por 90 a 64. O Brasil enfrentou Porto Rico e venceu mais uma, agora por 68 a 54. As comandadas de José Neto garantiram o primeiro lugar do grupo e jogam contra o Paraguai na última rodada para cumprir tabela.





Ciclismo - Estrada



O Brasil conseguiu uma medalha na prova de contrarrelógio masculino: Magno Nazaret levou a prata, com Daniel Poveda (COL) levando o ouro . Outro brasileiro na prova Rodrigo do Nascimento ficou em décimo terceiro. No feminino, quem ficou com o ouro foi Chloe Dygert (USA)




Esgrima





Quatro esgrimistas brasileiro estiveram em ação nessa quarta (7) e tivemos uma medalha, com Nathalie Moellhausen ficando com o bronze na espada feminina. A campeã mundial chegou até a semifinal, onde enfrentou a sua algoz em Toronto 2015, Katherine Holmes (USA). Mas ela não  teve sua revanche e foi derrotada novamente pela americana, que ficou com o ouro. Já Nathalie ficou novamente com o bronze. Outra brasileira nessa arma, Amanda Simeão foi eliminada nas oitavas por Nathalie Moellhausen, em um confronto caseiro.

No sabre masculino, tivemos Enzo Bergamo e Bruno Pekelman. enquanto Enzo ficou na fase de grupos, Bruno foi eliminado nas oitavas de final por Shaul Gordon (CAN). O ouro ficou com Daryl Homer (USA)





Futebol



Definida a final do futebol masculino. México e Honduras empataram no tempo normal por 1 a 1 e Honduras venceu na disputa de pênaltis. Os hondurenhos pegam a Argentina, que venceu o Uruguai por 3 a 0.






Hipismo - Saltos




O Brasil conseguiu o ouro na competição por equipes e se garantiu nos jogos olímpico de Tóquio 2020. confira o resumo da conquista brasileira aqui.





Natação



O Brasil repetiu o primeiro dia de disputas e conquistou mais seis medalhas no Pan de Lima.  Confira o resumo no link.




Pelota Basca



Felipe Otheguy disputou a semifinal da Paleta Frontón  da pelota basca e foi derrotado por Nelson Leiva (CUB). ele vai disputar o bronze contra Jozias Bazo (BOL).




Raquetebol



O México dominou o raquetebol e conquistou 4 ouros na modalidade. Destaque também para a vontade de Álvaro Beltrán (MEX) que na final contra seu compatriota Rodrigo Montoya, ele brigou po rum ponto e conseguiu quebrar o vidro que cerca a quadra - Lembrando que o raquetebol é um esporte 'primo' do squash. Ele continuou mesmo com a perna machucada por conta dos cacos de vidro, mas acabou ficando com a prata. Mas o vidro quebrando acabou atrasando muitos jogos da competição por equipes, terminando às 23:30 (hora de Lima)





Remo




O Brasil se classificou para a final do quatro sem ,Single skiff feminino (Vanessa Cozzi) , dois sem (Xavier e Pau Vela), four skiff feminino e 8 com masculino. As finais serão disputadas nos próximos dias.





Tênis de mesa



Bruna Takahashi foi atropelada por Adriana Diaz (PUR) na semifinal do individual feminino e ficou com o bronze. Adriana ainda conquistaria o ouro e de quebra, se garantiu em Tóquio 2020.

No individual masculino, Calderano venceu Eugene Wang (CAN) nas semifinais e na final teve um confronto sofrido com Jiaji Wu (DOM) e levou o o bicampeonato pan-americano e a vaga para Tóquio. O relato completo você encontra aqui

Tiro com arco




Na rodada de ranqueamento, Marcus Vinícius D'Almeida fez a melhor marca da carreira com 692 pontos, mas terminou na segunda colocação, já que Brady Allisson fez 702 pontos e bateu o recorde mundial. Fazia 20 anos que nenhum atleta quebrava um recorde mundial em Jogos Pan-americanos em qualquer esporte. Bernardo Oliveira ficou em décimo primeiro e Marcelo Costa ficou em décimo nono.

No feminino, Anne Marcelle Cunha ficou em décimo segundo, Ana Luiza Caetano ficou em décimo oitavo e Graziela Paulino ficou em vigésimo.

Na competição por equipes, o Brasil caiu para o Chile na flecha desempate no masculino e no feminino, o Brasil perdeu para o México na semifinal e vai disputar o bronze contra a Colômbia.

No arco composto, Gisele Esposito ficou em nono no feminino e Bruno Conrado, em sexto na rodada de classificação.





Vela





O Brasil vai se aproximando do ouro em várias classes da vela. Bruno Lobo da fórmula kite, Cláudio Biecarck, Gunnar e Isabel Flicker da Ligthning,Marco Grael/Gabriel Borges na 49er, Martine Grael e Kahena Kunze na 49er FX e Patrícia Freitas na RS:X feminina lideram e com as regatas chegando ao fim, tem pelo menos um lugar garantido no pódio, se não ocorrer nenhuma tragédia.

Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino, na Nacara 17 e Matheus Dellangelo na sunfish, estão em segundo; Juliana Duque e Rafael Martins na snipe e Bruno fontes na laser estão em terceiro 


A unica medalha que tá mais difícil é na laser Radial com Gabriel Kidd, que está em sétimo no momento. Brenno Franciolli está em quarto na RS:X masculina e ainda tem chances de pódio.



Vôlei




O Brasil estrou na competição feminina atropelando Porto Rico por 3 sets a 0. Lorenne foi a maior pontuadora com 13 pontos. Em segundo no grupo está a Argentina, que venceu os Estados Unidos por 3 sets a 2.

No grupo B, a República Dominicana ganhou da Colômbia por 3 a 1 e o Peru venceu o Canadá também por 3 sets a 1. Ambas seleções lideram o grupo.







Wrestling





Angelo Moreira bateu na trave na luta por uma medalha no primeiro dia do Wrestling. ele foi derrotado nas quartas de final por Wuilexis Rivas (VEN). Ele teve a chance de ir para a repescagem, já que o venezuelano foi até a final. ele enfrentou Yosany Peña (CUB) e foi derrotado, ficando sem medalha.

Outro brasileiro na disputa foi Joílson Júnior, que foi derrotado por Ellis Coleman (USA) e como o americano não chegou a final, ele não teve chance de disputar a repescagem pelo bronze.


O Brasil conseguiu abrir uma vantagem na segunda colocação no quadro de medalhas e tem boas chances de não ser ultrapassado por  Canadá e México. confira como está o top 5:



fotos: Wander Roberto, Wasghinton Alves, Jonne Roriz e Alexandre Loureiro/COB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes