Com direito a dobradinha, natação do Brasil ganha mais seis medalhas no Pan de Lima



No segundo dia de natação nos jogos Pan-Americanos de Lima, o Brasil repetiu a quantidade de medalhas conquistadas no primeiro dia, seis. A diferença foi só nas cores, com apenas uma de ouro, duas de prata e três de bronze.

O grande destaque do Brasil foi a dobradinha nos 200m livre, com Fernando Scheffer com o ouro e Breno Correia com a prata. a primeira vez que o Brasil conseguiu uma dobradinha nos 200m livre em Jogos Pan-americanos.

O Brasil levou a prata no 4x100m livre misto e quase levou o ouro. O Brasil liderava até os 350 metros quando Margo Geer voou baixo e passou Etiene Medeiros para dar o ouro para os Estados Unidos. Breno Correia, Marcelo Chierighini e Larissa Oliveira foram os outros integrantes do revezamento.

O Brasil levou bronze nos 200m livre feminino, com Larissa Oliveira; nos 100m borboleta masculino com Vinícius Lanza e com os 200m costas com Léo de Deus.

Somente em duas provas o Brasil não foi ao pódio, mas chegou perto: Giovana Diamante ficou em quarto nos 100m borboleta feminino - Dayanra de Paula ficou em sexto na mesma prova - e Fernanda de Goeij ficou em quarto nos 200m costas feminino e seu tempo de 2m11s95 é o novo recorde sul-americano da prova.

Em dois dias, o Brasil tem quatro medalhas de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. Teremos finais da natação até sábado(10).

foto: Alexandre Loureiro/ COB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes