Wilson Leite, Matheus Pucinelli e Laura Pigossi furam o quali do ITF 25 de Porto; Brasil terá sete representantes nas chaves principais - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Wilson Leite, Matheus Pucinelli e Laura Pigossi furam o quali do ITF 25 de Porto; Brasil terá sete representantes nas chaves principais

Compartilhe
Mateus Alves tênis brasileiro ITF Porto Portugal


Os brasileiros Wilson Leite, Matheus Pucinelli e Laura Pigossi venceram nesta terça-feira e furaram o quali do ITF 25 de Porto, em Portugal. Por outro lado, Carol Meligeni, Mateus Alves e Igor Marcondes deram adeus ao torneio após derrotas na última rodada. Assim, o Brasil terá sete tenistas na chave principal de simples. Nas duplas, o dia foi de altos e baixos para os brasileiros, com duas vitórias e quatro derrotas.


Wilson Leite (520º) e Matheus Pucinelli (944º) precisaram de três vitórias cada para se garantirem na chave principal do torneio masculino e a última delas foi conquistada nesta terça, em jogos contra compatriotas. Enquanto Wilson derrotou Igor Marcondes (807º) por 6-2 e 6-3, enquanto Pucinelli passou pelo xará Mateus Alves (631º) em 6-2 e 7-6[4].


Os dois se juntaram a Oscar Gutierrez (392º) como brasileiros na chave principal. Em sua estreia, Gutierrez enfrentará o italiano Giovanni Fonio (556º), que veio do quali, enquanto Wilson e Matheus terão pedreiras pela frente. Wilson vai encarar o cabeça de chave número 1, Hiroki Moriya (244º), do Japão, e Matheus terá pela frente o anfitrião Gastão Elias (507º), ex-top-60 do ranking mundial.


Entre as mulheres, duas brasileiras entraram em quadra nesta terça-feira pela chave de simples, mas apenas uma venceu. Laura Pigossi (399º) venceu a búlgara Gergana Topalova em duplo 6-4 e avançou à chave principal. Já Carol Meligeni (403ª) perdeu, de virada, para a britânica Katy Dunne (330ª), em parciais de 3-6, 6-2 e 11-9.


Laura enfrentará a turca Pemra Ozgen, cabeça de chave 8 e número 209 do ranking mundial, na estreia da chave principal, já nesta quarta. Outras três brasileiras também jogarão a primeira rodada do torneio, havendo, inclusive, um confronto completamente verde-amarelo, entre Bia Haddad (439ª) e Gabriela Cé (235ª). Ingrid Gamarra Martins (517ª) jogará contra a algoz de Carol Meligeni, Katy Dunne.


Nas duplas, duas vitórias e quatro derrotas para os brasileiros

Assim como ocorreu no individual, alguns tenistas brasileiros ficaram pelo caminho na disputa de duplas, enquanto outros avançaram. Entre os homens, triunfo de Oscar Gutierrez e João Lucas Reis, que derrotaram a parceria cabeça de chave número 2 do torneio, formada pelo britânico Luke Johnson e o francês Matteo Martineau por 2 sets a 1 (6-7, 7-5, 10-3).


Os brasileiros enfrentarão, na próxima rodada, Dayne Kelly, da Austrália, e Patrik Niklas-Saiminen, da Finlândia. A dupla austríaca-finlandesa foi justamente a responsável por eliminar outro brasileiro, Wilson Leite, que jogou ao lado do alemão Lucas Gerch, em 7-5 e 6-3.


Já na chave feminina, apenas Rebeca Pereira avançou. Fazendo parceria com a chilena Barbara Gatica, elas bateram as japonesas Chihiro Muramatsu e Ramu Ueda no match tie-break, em parciais de 2-6, 6-3 e 10-8. Na segunda rodada, terão pela frente as cabeças de chave número 1, a eslovaca Tereza Mihalikova e a indiana Ankita Raina, que passaram por Gabriela Cé e a ucraniana Valeriya Strakhova nesta terça, em duplo 6-3.


Única dupla 100% brasileira e campeãs do W25+ de Figueira da Foz há três semanas, Bia Haddad e Ingrid Martins caíram precocemente em Porto, diante das suíças Susan Bandecchi e Ylena In-Albon, em 2 sets a 1 (7-5, 3-6, 11-9). Já Carol Meligeni, que comemorou o título do W15 neste final de semana, desfez a parceria com Marina Bassols Ribera e se juntou a outra espanhola: Nuria Parrizas-Diaz. A nova parceria perdeu para a sérvia Jovana Jovic e a chinesa Xiaodi You por 6-3 e 7-5.


Foto de capa: Reprodução/Facebook/Porto Open


Nenhum comentário:

Postar um comentário