Brasil enfrenta Estados Unidos nas quartas da Liga das Nações; Veja o resumo da rodada


Seleção posa para foto após vitória sobre o Japão. Foto: Fivb/Divulgação

A seleção brasileira se despediu da terceira semana de jogos da Liga das Nações de Vôlei masculino, com um saldo de três vitórias sobre Alemanha, Canadá e Japão; e uma derrota para a França. A vitória sobre os anfitriões da etapa na cidade de Osaka, no Japão, consagrou um momento de reconstrução da confiança da equipe brasileira que irá enfrentar os Estados Unidos no dia 20 de julho, pelas quartas de final.

No último final de semana foi encerrada a fase classificatória do campeonato. Os oito primeiros colocados na tabela avançaram para as quartas. O Brasil, sexto colocado, se prepara para enfrentar a seleção estadunidense. Os próximos jogos acontecerão em 20 e 21 de julho, em Bologna, na Itália. Veja a classificação com o término da primeira etapa:


Mais resultados

A última vaga para a fase final foi decidida entre Argentina, Holanda e Eslovênia. Polônia confirmou o favoritismo e venceu a Eslovênia por 3 sets a 1, com parciais de 25-14, 25-23, 23-25 e 25-17. A equipe subiu na tabela ultrapassando os EUA para ocupar a segunda posição. Do lado polonês, o oposto Kurek foi o maior pontuador com 23 pontos Semeniuk ficou com 13. O esloveno T. Štern marcou 20 e Pajenk 9.

A Argentina perdeu para os Estados Unidos por 3 sets a 2 em jogo decidido apenas no tie-break, com parciais de 29-27, 22-25, 20-25, 25-13 e 17-15. Após perder o primeiro set, os comandados de Marcelo Mendez venceram os dois seguintes e cresceram na partida inspirados por Palonsky com 24 pontos e Palacios com 16. Mas os norte-americanos Defalco, maior pontuador com 28 pontos e Smith com 14, mantiveram os adversários vivos para retomar o controle da partida. 

A França, atual campeã olímpica, derrotou a Austrália por 3 sets a 0, 16-25, 12-25 e 26-28. Superior em todos os fundamentos, confirmou o favoritismo e aproveitou o jogo para dar rodagem ao banco de reservas. Destaques para Boyer com 19 pontos e Clevenot com 12. Do lado australiano Graham com 6 e O´Dea com 5 pontos.

Sérvia bateu a China por 3 sets a 1 com parciais de 17-25, 17-25, 25-23 e 22-25. A equipe chinesa fez 44 pontos em erros e teve dificuldades na recepção. Os sérvios foram mais efetivos nos ataques e no saque. Maior pontuador da partida foi Vucicevic com 18 pontos, seguido de Peric com 15. Do lado chinês, Zhang B.L. e Li Y.Z. anotaram 11 pontos cada.

Na lanterna da Liga das Nações (VNL), a Austrália foi rebaixada e poderá voltar na edição do ano que vem se vencer a Challenge Cup, considerada “segunda divisão da VNL”. A seleção feminina da Bélgica também foi rebaixada e seguirá o mesmo caminho. Os campeões do masculino e feminino do torneio poderão retornar em 2023 para a elite do vôlei.

Jogos das quartas de final:

20/07 (quarta-feira)

Brasil x Estados Unidos - 13h (horário de Brasília)

Itália x Holanda - 16h

21/07 (quinta-feira)

França x Japão - 13h

Polônia x Irã - 16h

As semifinais acontecerão no dia 23 de julho e as disputas de medalhas no dia 24 de julho. O Sportv 2 irá transmitir todos os jogos da fase final da Liga das Nações.
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024 Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco! Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!
To Top