De virada! Brasil derrota a Alemanha e segue firme na Liga das Nações


No segundo dia de jogos da terceira semana da Liga das Nações masculina, o Brasil derrotou a Alemanha na Maruzen Intec Arena, em Osaka, Japão, por 3 sets a 1, com parciais de 25-27, 25-17, 25-20 e 25-19. Com Leal inspirado e seleção em crescente melhora de performance ao longo dos sets, o Brasil abriu com vitória a nova etapa do torneio na madrugada desta quarta (6).

Com a vitória, o Brasil subiu para a quinta colocação do torneio e está empatado com o Japão, ambos com 18 pontos. Itália segue na liderança com 22 pontos. A seleção agora se prepara para enfrentar o Canadá nesta quinta (7), às 6h (horário de Brasília). O triunfo é fundamental para a Seleção seguir viva na classificação, visto que os próximos jogos serão contra a França na sexta (8), às 3h40, e contra os donos da casa, o Japão, no domingo (10), às 7h10, pelejas que prometem ser bem difíceis.

Os comandados de Renan Dal Zotto sentiram a pressão do saque e ataques precisos vindos dos centrais adversários no primeiro set. Nas parciais seguintes, O Brasil conseguiu “devolver” a pressão e reação veio com boas passagens pelo saque, pontas, e boa sintonia em todos os fundamentos. Leal foi o maior pontuador, com 21 pontos. Lucarelli marcou 15 e Darlan anotou 13 pontos para a seleção. Os destaques alemães foram Brand, com 17 e Maase, com 15.

O jogo

A partida teve início equilibrado e o Brasil se manteve a frente em boa parte com uma pequena margem. Alemanha com saques agressivos e boa passagens dos centrais, deu trabalho ao Brasil que passou dificuldades para amortecer e bloquear. Com mais força nos ataques, Alemanha chegou a ter 24 a 21. Brasil tentou reagir no final com boa passagem de Bruninho fazendo um saque tático e deixando o Brasil encostar no placar com 23 a 24 e a virar com 25 a 24, mas o saque alemão apareceu novamente e parou o que seria uma vitória no set. Parcial fechada em  27 a 25.

O Brasil melhorou sua postura no segundo set. Com saque mais agressivo, Lucarelli fez 2 aces no começo do segundo set e jogou a pressão da recepção para o lado alemão. Darlan com bom ataque deixou o Brasil em 8 a 4. Flávio deu suas cartas de visita no bloqueio e o Brasil abriu 18 a 12. O levantador Zimmermann, com boas distribuições, tentou deixar o ataque alemão em boas condições, mas não foi suficiente para uma reação. Brasil administrou a vantagem até fechar em 25 a 17.


                                 Seleção comemora ace de Rodriguinho. Foto: Fivb / Divulgação

O terceiro set foi um pouco mais tranquilo. Brasil continuou a pressão no saque e fez bom proveito de contra ataques. O central alemão Krage chegou a abrir 10 a 8, mas o Brasil logo encostou no placar e não deixou a diferença abrir. Leal fez o 18º ponto brasileiro, seguido por Flávio e bom ace de Isac. Quem fechou a boa sequência de pontos e manteve o nível agressivo de saque foi Rodriguinho, que encerrou o terceiro set com um ace em 25 a 20 para a seleção brasileira.

No quarto e último set, o Brasil administrou o bom volume de jogo em seus fundamentos. Num contra-ataque, após boa defesa de Flávio, Darlan marcou 18 a 14. Bruninho, Leal e Lucarelli em boa sintonia, mantiveram a boa atuação crescente dos sets anteriores. Flávio fechou o jogo em 25 a 19 com ponto de bloqueio.

Escalação brasileira:
O Brasil iniciou a partida com Bruninho, Leal, Lucarelli, Flávio, Isac, Darlan e Thales (líbero). Entraram Cachopa, Rodriguinho, Adriano Cavalcante, Henrique Honorato e Leandro. 

Foto: Fivb / Divulgação

Postar um comentário

To Top