Tenista argentina desiste e Beatriz Haddad Maia consegue vaga no WTA 1000 de Indian Wells


Pela primeira vez em três anos, a tenista brasileira Beatriz Haddad Maia (115ª) vai disputar um torneio nível WTA 1000. A atleta paulistana conquistou a classificação para a chave principal do Indian Wells Open, após a desistência da argentina Nadia Podoroska (36ª).

De quebra, Bia Haddad, que era apenas a terceira lucky loser após a eliminação na rodada final do quali para o WTA 1000 de Indian Wells, entrou direto na segunda rodada da chave principal. Lá, a brasileira encara a egípcia Mayar Sherif, atual número 72 no ranking mundial. Esse será o primeiro duelo entre as tenistas.


Se vencer, a brasileira tem a possibilidade de enfrentar na terceira rodada, a cabeça de chave número 1 do WTA 1000 de Indian Wells, Karolina Pliskova (CZE), que estreia contra a polonesa Magdalena Frech.

A última vez que Bia Haddad havia disputado uma evento nível WTA 1000 foi em 2018, no Miami Open, quando caiu na terceira rodada, após derrota para a letã Jelena Ostapenko.

Foto: Divulgação/ITF

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top