Brasil reage e empata em 2 a 2 o segundo amistoso contra a Austrália - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil reage e empata em 2 a 2 o segundo amistoso contra a Austrália

Compartilhe


Depois de perder no sábado, o Brasil empatou em 2 a 2 nesta terça (26) 0 segundo amistoso contra a Austrália no Commbank Stadium, em Sydney. As Matildas saíram na frente e abriram 2 a 0 com Polkinghorne e Kerr, mas a seleção reagiu e empatou com Érika e Debinha


O Brasil não vence a Austrália desde 2016, quando venceu por 3 a 1 em um amistoso. De lá pra cá foram dois empates e seis vitórias australianas. Ao contrário do último jogo, Debinha, Marta e Adriana começaram jogando. 


Tanto no primeiro, quanto no segundo tempo, o time de Pia jogou melhor após sofrer o gol. Apesar de não vencer, esta Data Fifa serviu para a treinadora fazer testes e ir moldando o time para a Copa América. Ainda neste ano, haverá mais uma data para encontro de seleções em novembro, sem adversário definido. 

O jogo

A partida começou pegada, com as duas seleções chegando nos primeiros dez minutos. Enquanto o Brasil criava mas parava na defesa, com apenas um chute ao gol, as Matildas chegaram duas vezes em um minuto. A primeira acabou em escanteio após defesa de Letícia e a segunda terminou nas redes em chute de Polkinghorne no alto, sem chances de defesa.


A seleção tentou reagir rápido e logo no lance seguinte, em finalização de Tamires e Polkinghorne tirando em cima da linha. Aos 19, Adriana fez um bom lance individual, passou por duas marcadoras e acabou acertando a trave direita de Williams. O momento era melhor para o Brasil e dois minutos depois, Kerolin encarou a marcação de Catley e finalizou para defesa da goleira australiana. 


Desde o gol australiano, a seleção brasileira passou a dominar as ações do jogo, mas não gerou finalizações a gol, seja por lances de impedimento ou ação da defesa australiana. 


Quem voltou mais forte para o segundo tempo mais forte foi a seleção da Austrália, que aos quatro minutos acertou a trave com Fowler e aos sete marcou com Kerr, em jogada de Carpenter, que tocou para a atacante tirar da marcação e mandar no canto de Letícia. 


Buscando reação, a seleção foi para cima e em cobrança de escanteio aos 18 minutos, Marta cobrou aberto na cabeça de Érika, que diminuiu para o Brasil.


Aos 25, Tamires chuta de longe e Williams espalma, no rebote Debinha empata o jogo e bateu a cabeça na trave, precisando de atendimento médico. Apesar do susto, ela continuou no jogo. O Brasil voltou a acelerar o jogo e minutos depois, Kerolin fez boa jogada com Marta e parou na goleira. 

A melhora da seleção animou os torcedores presentes no estádio, que antes mesmo do empate gritavam "Olé" e após o gol entoavam gritos de "Brasil". Aos 40, a Austrália chegou com perigo em cobrança de falta afastada de soco por Letícia. Já nos acréscimos, Marta fez uma boa jogada na área, tirou duas marcadoras, mas teve o chute bloqueado por Kennedy.


Ficha técnica:


Brasil: Letícia, Antônia, Tainara, Érika e Tamires; Duda (Júlia), Angelina, Kerolin e Adriana (Thaís); Marta e Debinha (Geyse).

Técnica: Pia Sundhage


Austrália: Williams, Carpenter, Kennedy, Polkinghorne (Nevin), Catley (Beard); Van Egmond, Yallop (Wheeler), Cooney-Cross (Simon); Fowler, Foord (Henry) e Kerr

Técnico: Tony Gustavsson


Gols: Polkinghonre (10/1ºT), Kerr (7/2ºT). Érika (18/2ºT), Debinha (25/2ºT) 

Cartões amarelos: Van Egmond (AUS), Catley (AUS)


Foto: Thaís Magalhães/ CBF



Nenhum comentário:

Postar um comentário