Maria Sakkari vence Karolina Pliskova e torna-se 1ª grega na semifinal do US Open - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Maria Sakkari vence Karolina Pliskova e torna-se 1ª grega na semifinal do US Open

Compartilhe

Pela primeira vez uma tenista grega está classificada para a semifinal do US Open. Maria Sakkari (18ª), venceu nesta quarta-feira (8), a jogadora da República Tcheca, Karolina Pliskova (4ª), vice-campeã em 2016 e ex-número 1 do mundo, pelo placar de 2 sets a 0, com duplo 6-4 nas parciais, em 1h21 de partida.

Essa será a segunda aparição de Sakkari na semifinal de um Grand Slam. Em Roland Garros, também nesta temporada, a tenista grega ficou muito perto de ir à decisão pelo título, mas acabou perdendo por 9-7 no terceiro set, em duelo contra Barbora Krejcikova.


Na semifinal do US Open 2021, Sakkari encara a tenista britânica Emma Raducanu, de apenas 18 anos, que tornou-se a primeira tenista vinda do torneio qualificatório a chegar em tal fase no evento.

O jogo

Apesar do jogo ter tomado um caminho de equilíbrio entre as atletas, foi Sakkari quem comandou as principais ações, se mostrou mais sólida e demonstrou de fato, maior poder de decisão no primeiro set. A tenista grega efetuou uma quebra de serviço ainda na terceira parcial e, sem dar chances à Pliskova, confirmou seus saques para fechar o set em 6-4.

O panorama da partida no segundo set foi o mesmo. Enquanto Pliskova sofria um pouco para confirmar seus saques, Sakkari vencia com tranquilidade, sempre parecendo apenas esperar a hora certa chegar, para efetuar uma quebra de serviço.


E foi exatamente isso que ocorreu no sétimo game. Pliskova até salvou uma das oportunidades, mas não conseguiu evitar a quebra e viu Sakkari tomar a liderança no placar, abrindo 5-3. Em seguida, bastou apenas que a tenista grega mantivesse sua vantagem, para fechar a parcial em 6-4 e garantir sua vaga na semifinal do US Open.

Sakkari venceu 92% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço (23 de 25) e perdeu apenas oito pontos enquanto sacava, durante todo o jogo. A grega não cedeu break points e disparou 22 winners. Pliskova, por sua vez, cometeu 20 erros não-forçados e teve aproveitamento de apenas 69% dos pontos com o primeiro serviço.

Foto: Darren Carroll/USTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário