Comitê Olímpico Russo fatura seu primeiro ouro no boxe em Tóquio-2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Comitê Olímpico Russo fatura seu primeiro ouro no boxe em Tóquio-2020

Compartilhe

O Comitê Olímpico Russo (ROC) conquistou nesta quinta-feira (05) sua primeira medalha de ouro no boxe na Olimpíada de Tóquio, com Albert Batyrgaziev, que derrotou o norte-americano Duke Ragan na final do peso pena masculino. Os bronzes da categoria foram para o cubano Lazaro Alvarez e para o ganense Samuel Takyi.

Quinto colocado no Mundial de 2019, Batyrgaziev ganhou quatro lutas para ficar com o título. Em sua campanha até a final, ele passou pelo dominicano Alexy Miguel de la Cruz Baez, pelo mongol Tsendabaatar Erdenebat e pelo cubano Alvarez, grande favorito ao ouro na categoria. Na decisão, o russo saiu vitorioso em 3:2 após domínio nos dois primeiros rounds.

Este foi o primeiro ouro russo no boxe, esporte em que o país tem muita tradição. O Comitê Olímpico Russo já faturou três bronzes, com, Andrei Zamkovoi (69kg), Gleb Bakshi (75kg) e Imam Khataev (81kg), e ainda tem mais um garantido, já que Zenfira Magomedaliev está na semifinal do peso médio feminino (75kg). Muslim Gadzhimagomedov está na final do peso pesado (91kg).

Encerradas quatro disputas do boxe - são 13 ao todo -, Cuba lidera o quadro de medalhas da modalidade, com dois ouros e um bronze, todos no masculino. O Brasill tem um bronze garantido e colocou dois atletas na final: Beatriz Ferreira (60kg) e Hebert Conceição (75kg), que, inclusive, bateu um russo na semifinal.

Foto de capa: Ueslei Marcelino/REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário